Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Orlando estreia três reforços, mas perde mais uma fora de casa

Estreias de Arenas, Turkoglu e Richardson, que foram para quadra sem treinar pelo Magic, não evitaram derrota

iG São Paulo |

A estreia dos três jogadores recém-adquiridos pelo Orlando Magic, Gilbert Arenas, Jason Richardson e Hedo Turkoglu, não impediu que a equipe sofresse a sua terceira derrota seguida. O time da Flórida foi batido fora de casa pelo Atlanta Hawks por 91 a 81, apesar da ótima apresentação de Dwight Howard. Os reforços foram para quadra antes mesmo de fazerem o primeiro treino na nova equipe.

O pivô teve mais um “double-double”: marcou 19 pontos e pegou 20 rebotes. Deu ainda dois tocos e roubou duas posses de bola. Dos estreantes, o único que pontuou em duplo dígito foi o armador Gilbert Arenas, que saiu do banco para fazer dez pontos, mas errou nove dos dez arremessos que tentou. Os alas Jason Richardson e Hedo Turkoglu anotaram nove e oito pontos, respectivamente.

Com 24 pontos e 11 rebotes, o pivô Al Horford comandou o triunfo do Atlanta. Outro atleta dos mandantes que teve dois dígitos em dois fundamentos foi o ala Josh Smith, dono de 12 pontos e dez rebotes.

A defesa dos mandantes funcionou muito bem ao longo da partida, tendo limitado o ataque do Orlando a um aproveitamento de apenas 35,2% nos arremessos de quadra. Além disso, apesar da grande atuação de Howard, o Magic foi completamente dominado nos rebotes: pegou 38, contra 51 apanhados pelo Hawks.

A eficiência defensiva do Atlanta apareceu já no início de jogo, pois a equipe permitiu que o oponente anotasse apenas 14 pontos durante o primeiro quarto. Apesar de não conseguir disparar no marcador, o time local manteve-se em vantagem pelo restante da noite.

O Magic foi para os vestiários perdendo por apenas cinco pontos (48 a 43), mas não conseguiu passar à frente durante a segunda metade. A distância no marcador para o oponente no último quarto esteve nos dois dígitos o tempo todo, o que impediu uma reação dos visitantes nos minutos finais.

Dunleavy dá a vitória ao Indiana

O Indiana Pacers recebeu o New Orleans Hornets e venceu por 94 a 93. A equipe só garantiu a vitória no último segundo, quando o ala Mike Dunleavy deu um tapinha após um arremesso errado de Danny Granger no estouro do cronômetro e garantiu a virada aos mandantes.

Dunleavy não fez uma das suas melhores atuações, apesar de ter deixado a quadra como herói da noite. Fez somente oito pontos e converteu apenas três dos 11 arremessos que tentou. O destaque do Indiana foi Granger, com 27 pontos e seis rebotes.

Pelo lado do New Orleans, a principal figura foi o pivô Emeka Okafor, com 19 pontos e 15 rebotes. Já o armador Chris Paul teve participação apagada: anotou 15 pontos e distribuiu somente quatro assistências.

Washington atropela o Charlotte

Mesmo ainda sem poder contar com o ala Rashard Lewis, sua mais nova aquisição, o Washington Wizards não teve dificuldades para superar o Charlotte Bobcats dentro do seu ginásio por 108 a 75.

O ala-armador Nick Young comandou o time da capital norte-americana: com oito arremessos corretos em 13 tentados, foi o cestinha do confronto com 21 pontos. Quem também se destacou pelo Wizards foi o armador Kirk Hinrich, com 18 pontos e 11 assistências.

Stephen Jackson foi o principal pontuador do Charlotte: foram 13 pontos para o ala-armador. Já o ala Boris Diaw apareceu com nove pontos e sete rebotes.

Leia tudo sobre: Orlando MagicNBA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG