Publicidade
Publicidade - Super banner
Olimpíadas
enhanced by Google
 

Tóquio quer receber Olimpíadas de 2020 para "servir de exemplo"

Derrotada pelo Rio de Janeiro na candidatura para 2016, capital japonesa já sediou os Jogos em 1964

AE |

A cidade de Tóquio espera que sua candidatura para receber os Jogos Olímpicos de 2020, que deverá ser anunciada de forma oficial neste sábado, sirva como um símbolo de recuperação do Japão após o terremoto, seguido por um tsunami, que devastou parte do país em 11 de março deste ano . Dirigentes do Comitê Olímpico Japonês agendaram para este sábado uma conferência de imprensa, na qual Tóquio pretende revelar oficialmente o seu desejo de abrigar a Olimpíada de 2020

Tsunekazu Takeda, presidente do Comitê Olímpico Japonês, afirmou para a agência de notícias "Kyodo" que "nós acreditamos que a Olimpíada irá ajudar na recuperação e reconstrução do país, e nós queremos ajudar a criar um novo Japão para o futuro, para as nossas crianças".

Tóquio deverá oficializar a sua candidatura neste sábado, depois de ter sido uma das cidades derrotada pelo Rio de Janeiro para receber os Jogos Olímpicos de 2016. O terremoto, seguido pelo tsunami no dia 11 de março, deixou cerca de 23 mil pessoas mortos ou desaparecidas no nordeste do Japão.

A capital japonesa recebeu a Olimpíada em 1964 e o Japão abrigou os Jogos Olímpicos de Inverno em 1972 e 1998, respectivamente nas cidades de Sapporo e Nagano. O Comitê Olímpico Japonês disse que, se Tóquio ganhar o direito de sediar os Jogos de 2020, as regiões afetadas pelo terremoto e pelo tsunami, que provocaram também uma crise nuclear, poderiam receber alguns eventos da competição, como por exemplo o futebol.

Getty Images
Capital do Japão, Tóquio foi sede dos Jogos Olímpicos em 1964. 56 anos depois, quer voltar a ser
Vários eventos esportivos no Japão foram cancelados por causa da crise nuclear provocada pela tragédia de março, mas o Comitê Olímpico Japonês prometeu que o fato não irá influenciar em sua candidatura para a Olimpíada de 2020, que só terá a sua sede eleita pelo Comitê Olímpico Internacional em 2013.

Leia tudo sobre: OlimpíadasTóquio 2020JapãoTerremoto

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG