Publicidade
Publicidade - Super banner
Olimpíadas
enhanced by Google
 

Rio anuncia novo patrocinador para Olimpíada de 2016

Montadora Nissan é o quinto parceiro oficial anunciado para os Jogos, que acontecem pela primeira vez no país

AE |

selo

O Comitê Organizador da Olimpíada do Rio de Janeiro de 2016 anunciou nesta quarta-feira mais um patrocinador. Trata-se da indústria automobilística japonesa Nissan, que, desta forma, tornou-se o quinto parceiro oficial dos Jogos. O novo acordo foi comemorado pelo presidente do comitê, Carlos Arthur Nuzman.

Leia mais: Conflito de patrocinadores pode deixar britânicos descalços no pódio

"Estou muito feliz com essa conquista histórica. Essa parceria reflete o valor da marca Rio 2016 e a força e atratividade do mercado consumidor brasileiro. Por reconhecer esse cenário, ao fim de seis meses de negociações com candidatos, a Nissan apresentou uma proposta com um mix consistente de produtos, serviços e aporte financeiro que demonstrou sua vontade de associação com os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, provando ser o parceiro ideal nesta categoria", declarou.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Com a nova parceria, a Nissan será responsável pelo fornecimento de cerca de 4.500 veículos para transporte de atletas, oficiais técnicos, mídia, equipes operacionais, comitês olímpicos nacionais, federações esportivas internacionais, integrantes do COI (Comitê Olímpico Internacional) e parceiros comerciais.

E mais: Contador é condenado, perde títulos e não vai às Olimpíadas

A patrocinadora ainda assumiu o compromisso de colaborar no processo de evolução da operação dos Jogos, através de serviços, como o treinamento de motoristas e o auxílio na logística do evento.

Confira ainda: Futebol é o único esporte que ainda tem ingressos à venda para Londres

Assim, a Nissan tornou-se o quinto parceiro nível 1, o de patrocinadores oficiais, da Olimpíada. Além dela, estão nesta lista Bradesco, Bradesco Seguros, Claro e Embratel. Há ainda um patrocínio de nível 2, que corresponde a apoio, por parte da Ernst & Young Terco.

Leia tudo sobre: londres 2012nissancarlos arthur nuzman

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG