Tamanho do texto

Caso queira uma opção mais completa, o torcedor pode pagar até R$ 79.500 para acompanhar os Jogos

selo

Os pacotes turísticos para o maior evento esportivo do mundo começaram a ser vendidos nesta terça-feira no Brasil. Mas um roteiro para a Olimpíada de Londres, em 2012, vai ficar longe do alcance da maioria dos brasileiros. O pacote mais barato (6 noites, 5 ingressos, hotel duas estrelas e passagem aérea) custa 5.800 libras esterlinas por pessoa, o equivalente a R$ 15 mil. Já o mais caro (18 noites, 15 ingressos, passagem aérea e hotel cinco estrelas) sai por 30.750 libras, ou R$ 79.500 por pessoa.

"Os jogos de Pequim tinham valores mais baratos. Já Londres é o centro da Europa, um lugar caro o ano todo. Muitos países vão mandar turistas para lá", afirma Antônio Carlos Valente, diretor da Tamoyo Internacional, única companhia brasileira credenciada para comercializar os ingressos repassados pelo Comitê Organizador dos Jogos. Na sua avaliação, o alto valor dos pacotes vai limitar a venda entre as classes A e B. "A menos que seja alguém apaixonado por esportes que esteja poupando dinheiro nos últimos anos", pondera, lembrando que é possível dividir as compras em até 24 vezes.

Os pacotes estão à venda em apenas quatro operadoras - Agaxtur, TAM Viagens, Ambiental e Top Service - e oferecem três opções de viagens: de 6, 12 ou 18 noites, que incluem 5, 10 e 15 ingressos, respectivamente. Há cinco hotéis listados, que variam de duas a cinco estrelas. Todos estão localizados na região central de Londres e cobertos pela rede de transportes municipal, que leva para todos os 12 locais onde ocorrerão as competições.

Os consumidores devem consultar as operadoras para escolher os jogos e modalidades que desejam ver, lembrando que as opções estarão sujeitas à disponibilidade dos ingressos repassados pelo comitê londrino. "Os estádios têm média de 10 mil a 12 mil lugares, e a procura pelos ingressos é grande no mundo todo. Quanto antes o consumidor comprar, melhor", diz.

Ingressos
Os ingressos também podem ser comprados avulsos, sem os pacotes, por meio do site da Tamoyo (www.tamoyo.com.br). Só brasileiros residentes no Brasil podem efetuar a compra, que também é limitada a quatro ingressos por pessoa.

Segundo balanço da companhia, já foram comercializados cerca de 10 mil entradas desde março, quando começaram as vendas. Os ingressos mais baratos custam por volta de 20 libras (cerca de R$ 50) para modalidades menos procuradas, como tênis de mesa. Já a final do basquete masculino, um dos jogos mais esperados da Olimpíada, custa cerca de 750 libras (R$ 1.900).

Por enquanto, a maioria dos ingressos vendidos são para jogos de vôlei (1.563) e vôlei de praia (1.042), modalidades em que as equipes brasileiras têm grandes chances de alcançar uma medalha. O futebol aparece em terceiro lugar nas vendas de ingressos (914).