Publicidade
Publicidade - Super banner
Olimpíadas
enhanced by Google
 

Natália Falavigna assina com o Fluminense até Londres 2012

Atleta está se recuperando de cirurgia no ligamento cruzado do joelho direito e projeta volta aos treinos para julho

iG São Paulo |

Gazeta Press
Natália Falavigna se recupera de cirurgia no joelho direito e deve voltar aos treinos em julho
Principal nome do taekwondo brasileiro feminino, Natália Falavigna assinou contrato com o Fluminense nesta quarta-feira. A medalhista olímpica e pan-americana se recupera de uma cirurgia no joelho direito e terá vínculo com o clube até os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. Natural de Maringá, ela passará a viver no Rio de Janeiro e iniciará os treinamentos assim que se recuperar totalmente da lesão.

"Venho me recuperando bem, já comecei a fazer um trabalho de força, então provavelmente daqui há algumas semanas já devo ser liberada para treinamentos", afirmou a atleta, que sofreu ruputra no ligamento cruzado anterior do joelho direito. "Pretendo estar bem e voltar a competir em julho e isso é um desafio muito grande, estou batalhando nisso. Continuo com a mesma intensidade desde o primeiro dia de cirurgia".

Além da contratação de Natália, o Fluminense anunciou planos de construção de uma escola de taekwondo. "Estou super contente com isso, é um trabalho que eu acredito que vá dar muitos frutos, principalmente voltado nesta iniciação esportiva mesmo e no projeto de desenvolver atletas para que até mesmo depois de 2016 a gente possa ter potencial de resultados. O taekwondo é uma modalidade que tem crescido muito, então acho importante", elogiou ela, medalha de bronze em Pequim 2008.

Gazeta Press
Natália Falavigna conquistou a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008
Natália mostrou ainda sua preocupação social como atleta e com o futuro do esporte no Brasil. Ela quer ajudar a formação de novos lutadores, e vê uma boa oportunidade de se tornar referência no meio do taekwondo.

"Quero começar a trabalhar em prol disso. Isso é o que eu posso deixar, possivelmente o meu legado", afirmou Falavigna. "Isso é o que eu posso retribuir ao taekwondo, que me deu tantas oportunidades e vem sendo fundamental na realização dos meus sonhos. Quem sabe com isso eu não possa fazer a diferença na vida de um ou outro atleta que surja no futuro".

*Com Gazeta Esportiva

Leia tudo sobre: natalia falavignataekwondolondres 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG