Publicidade
Publicidade - Super banner
Olimpíadas
enhanced by Google
 

Ministro sul-africano diz que não desistiu de Olimpíadas

Fikile Mbalula disse que foi uma pena que ele estivesse em um hospital quando o governo local desaconselhou a apresentação de uma candidatura

AE |

selo

O ministério dos Esportes da África do Sul não desistiu de sediar as Olimpíadas de 2020, apesar do governo ter decidido no mês passado que este não é o momento certo para apresentar uma candidatura. Fikile Mbalula disse nesta terça-feira que foi uma pena que ele estivesse em um hospital quando o governo local desaconselhou a apresentação de uma candidatura.

Mas Mbalula falou a representantes da indústria do turismo da África do Sul nesta terça-feira que o processo de escolha da sede das Olimpíadas de 2020 ainda está "muito aberto" e que seu ministério espera mudar a ideia do governo até setembro, quando se encerra o prazo para a apresentação das candidaturas. Ele busca levar os Jogos para o continente africano pela primeira vez na história.

"Tudo o que eu estou tentando indicar é que nem tudo está perdido", afirmou Mbalula. "O importante é que, se formos capazes de persuadir o gabinete [presidencial] a pensar o contrário, será uma decisão que o gabinete irá igualmente anunciar. O processo está aberto até setembro".

Depois de organizar a Copa do Mundo de 2010, a África do Sul sonhava com a chance de receber também as Olimpíadas. Para isso, planejava a sua candidatura para os Jogos de 2020, cuja sede será definida pelo Comitê Olímpico Internacional em 2013. A cidade de Durban era a preferida dos sul-africanos para a empreitada, mas Johannesburgo e Port Elizabeth também estavam na briga. Até agora, a italiana Roma é a única cidade que já manifestou oficialmente o desejo de receber a competição em 2020.

Leia tudo sobre: olimpíadascoiáfrica do sul

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG