Publicidade
Publicidade - Super banner
Olimpíadas
enhanced by Google
 

Metade dos atletas dos Jogos de 2012 fará exames antidoping

Comitê Organizador apresentou os locais onde serão analisadas as 6.250 amostras dos atletas, quantidade recorde das Olimpíadas

EFE |

O Comitê Organizador de Londres 2012 (Locog) anunciou nesta quinta-feira que um a cada dois atletas que disputarão os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos deste ano, incluindo todos os medalhistas, irá se submeter a um exame antidoping.

Leia também: Instalações do hóquei sobre a grama serão inauguradas em maio

Nesta quinta, o Locog apresentou os locais onde serão analisadas as 6.250 amostras recolhidas durante os 29 dias de competição, a maior quantidade na história dos Jogos. Os laboratórios funcionarão em Harlow (nordeste de Londres) 24 horas durante os sete dias da semana, e contarão com uma equipe de mais de 150 cientistas liderados pelo professor David Cowan, do Centro de Controle de Drogas do King's College de Londres.

Getty Images
Laboratório analisará 6.250 amostras de atletas durante os Jogos de Londres

"Trabalhando com uma das melhores companhias farmacêuticas do mundo e uma das universidades de ponta do país, pudemos criar uma estrutura para processar com sucesso e eficiência 6.250 amostras antidoping durante os Jogos, algo que nunca foi feito", afirmou Paul Deighton, diretor-executivo do comitê.

Veja ainda: Olimpíadas impulsionariam economia da Itália, prevê estudo

O ministro britânico de Esporte, Hugh Robertson, que visitou os laboratórios, assinalou que os atletas que se dopam "não terão onde se esconder durante as Olimpíadas, porque serão descobertos".

Além disso, o dispositivo antidoping de Londres 2012 servirá como exemplo para as futuras competições, já que o laboratório contratado assinou um acordo com a Agência Mundial Antidoping (AMA) para compartilhar a informação sobre os métodos utilizados em suas instalações durante os jogos.

Leia tudo sobre: londres 2012doping

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG