Publicidade
Publicidade - Super banner
Olimpíadas
enhanced by Google
 

Mesmo punida pela ONU, Líbia recebe ingressos para Londres 2012

Filho de Muammar Kadafi poderá ir aos Jogos Olímpicos na Inglaterra, mas ditador está proibido de deixar o país

iG São Paulo |

Muhammad Kadafi, filho mais velho do ditador líbio Muammar Kadafi e presidente do Comitê Olímpico de seu país, recebeu centenas de ingressos para os Jogos Olímpicos de Londres, divulgou nesta quarta-feira o jornal inglês "The Times". Enquanto as bombas da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) seguem caindo sobre a capital Trípoli, a possibilidade que o primogênito Kadafi assista aos Jogos Olímpicos é uma "dor de cabeça diplomática", diz o diário.

Isso porque os organizadores das Olímpiadas de Londres têm a obrigação de vender ingressos à Líbia, já que o país continua sendo membro do COI (Comitê Olímpico Internacional), apesar das punições e sanções aplicadas pela ONU (Organização das Nações Unidas) aos norte-africanos. O ditador Muammar Kadafi, porém, não poderá assistir aos Jogos, já que está proibido de viajar devido a uma ordem de detenção internacional.

EFE
Entusiasta dos esportes, como o xadrez, Muammar Kadafi (dir.) tem ingresso, mas não poderá ir a Londres
Uma porta-voz do Comitê Organizador das Olimpíadas de Londres confirmou nesta terça que foram entregues "vários ingressos" ao Comitê Olímpico Líbio. Segundo o jornal "The Daily Teleraph", Zimbábue e Mianmar, cujos regimes autoritários foram igualmente condenados pela ONU, também receberam ingressos para os Jogos.

*com EFE

Leia tudo sobre: Londres 2012Muammar KadafiCOIONULíbiaOtan

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG