Para os britâncios, realização das Olimpíadas de Londres poderá mudar imagem que o mundo tem do país

As imagens transmitidas pela BBC, direto da Trafalgar Square, localizada a apenas oito quilômetros do Parque Olímpico, mostravam os londrinos esbanjando alegria e fazendo muita festa apenas pelo evento que marcou um ano para o início dos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. E justamente essa imagem de espontaneidade que a Grã-Bretanha pretende passar para o mundo com a realização das Olimpíadas, acabando com a imagem da frieza britânica há tempos difundida no planeta.

"O povo inglês é muito alegre e feliz. Esta imagem de frieza é algo muito antigo e queremos mudar isso com os Jogos Olímpicos. Toda a Grã-Bretanha está animada por receber as Olimpíadas", afirmou o cônsul geral britânico em São Paulo, John Doddrell, durante evento organizado pelo consulado nesta quarta-feira, ao mesmo tempo em que a celebração pela marca de um ano para os Jogos ocorria em Londres.

O evento no consulado contou com a presença de ex-atletas olímpicos brasileiros, como Henrique Guimarães, medalha de bronze pelo judô nas Olimpíadas de Atlanta, em 1996, e o ex-pivô Marquinhos, que defendeu a seleção brasileira masculina de basquete nos Jogos de Munique-72, Moscou-80 e Los Angeles-84. Mas atletas atuais também estiverem presentes, como Filipe Fuzaro, do tiro esportivo, que garantiu sua vaga ainda no ano passado, na modalidade fossa olímpica double.

À espera dos brasileiros

Além de pretender mudar sua imagem perante o mundo, os ingleses se preparam intensamente para fazer uma edição de Jogos Olímpicos impecável . E isso não envolve apenas a parte das instalações esportivas, como também a recepção aos torcedores. "Estamos nos preparando para receber turistas de todas as partes do mundo. E com certeza aguardamos muitos brasileiros acompanhando os Jogos Olímpicos", disse Doddrell.

Segundo o cônsul, todos os esforços serão feitos para que os turistas não tenham qualquer dificuldade ao chegarem à Inglaterra. "Até porque ainda teremos a edição dos Jogos Paraolímpicos logo após as Olimpíadas, e esperamos receber uma grande presença de público", explicou o cônsul.

Para não decepcionar tanto o público que deverá comparecer a Londres nem os milhares de atletas que disputarão os Jogos, os britânicos acabaram concentrando esforços na preparação das instalações.Não foi à toa que cerca de 80% delas estão prontas a exatos 12 meses do início dos jogos. O segredo para isso, segundo Doddrell é simples: organização. "Desde que a cidade foi eleita para receber os Jogos de 2012, fizemos um planejamento minucioso e começamos desde cedo a cuidar dos mínimos detalhes. Planejamento é tudo", afirmou o cônsul britânico em São Paulo.

Confira as arenas e estádios dos Jogos Olímpicos de 2012 :

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.