Publicidade
Publicidade - Super banner
Olimpíadas
enhanced by Google
 

Londres simula ataque em metrô para as Olimpíadas

Membros dos serviços de emergência realizam testes de segurança na estação de Aldwych, que está fechada para passageiros desde 1994

AE |

selo

A polícia britânica e membros dos serviços de emergência, como os bombeiros, realizaram testes de segurança nesta quarta-feira, visando a Olimpíada, com a simulação de um ataque terrorista ao sistema de metrô de Londres.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O teste de dois dias começou na estação de metrô de Aldwych, que está fechada para passageiros desde 1994. O metrô mantém a estação aberta para que possa ser usada em filmes e alugado para festas. A simulação é uma parte dos esforços para criar confiança para a Olimpíada, que será realizada entre 27 de julho e 12 agosto.

Leia também: Blur será a atração principal do show de encerramento das Olimpíadas

O exercício serve para simular um ataque durante um dos dias mais movimentados da Olimpíada. "(Trata-se de garantir) que tenhamos as pessoas certas nos lugares certos, que nós entendemos como os outros trabalham e que estamos falando uns com os outros para que estejamos no nível e caminho certos", disse Chris Allison, comissário assistente da polícia metropolitana.

Veja ainda: Londres cobrará ingresso para público entrar no Parque Olímpico

Em 7 de julho de 2005, o sistema de transporte público londrino foi alvo de ataque terrorista que causou a morte de 52 pessoas. O atentado aconteceu apenas um dia após a cidade ser escolhida para sediar a Olimpíada de 2012. Relatórios oficiais e um inquérito criticaram a reação dos serviços de emergência para os atentados de 2005.

Leia tudo sobre: londres 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG