Tamanho do texto

Comitê Olímpico Britânico é patrocinado pela Adidas, que proíbe uso de produtos das concorrentes no pódio

Um conflito entre os patrocinadores do Comitê Olímpico Britânico e de alguns dos principais atletas do país pode fazer com que alguns dos esportistas locais subam descalços ao pódio dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 , se eventualmente conquistarem medalhas na disputa. A possibilidade foi levantada pelo jornal britânico The Telepgraph .

Leia também: Futebol é o único esporte que ainda tem ingressos à venda para Londres

A entidade é patrocinada pela Adidas e exige que os atletas utilizem uniformes oficiais em todos os eventos nos Jogos, inclusive a entrega de medalhas. Apoiados por outras empresas, como a Nike, os atletas não poderiam utilizar seus calçados durante as cerimônias.

Nas competições, os atletas precisam utilizar o uniforme oficial britânico, mas os tênis são considerados "equipamentos técnicos" e por isso cada atleta tem o direito de escolher os seus. No pódio, no entanto, os produtos da Adidas seriam obrigatórios. Para não entrar em conflito com seus patrocinadores, já é cogitado que os atletas fiquem descalços para receberem as medalhas.

E ainda: Governo inglês faz alerta temendo colapso da internet nas Olimpíadas

Ciclista Mark Cavendish é um dos que pode ser obrigado a ir ao pódio descalço
Getty Images
Ciclista Mark Cavendish é um dos que pode ser obrigado a ir ao pódio descalço

Entre os esportistas que podem adotar a medida estão o ciclista Mark Cavendish, que pode conquistar a primeira medalha da Grã-Bretanha em Londres 2012 , o campeão mundial dos 5 mil metros Mo Farah e a recordista mundial da maratona Paula Radcliffe.

De acordo com a publicação britânica, o conflito de interesses existe desde os Jogos Olímpicos de Atenas 2004, quando foi criada a clausula no contrato dos atletas olímpicos, ressaltando a obrigatoriedade do uso do uniforme oficial. Nas últimas duas edições das Olimpíadas, entretanto, um "acordo de cavalheiros", evitou problemas ao permitir que cada atleta utilizasse seus próprios calçados no pódio.