Publicidade
Publicidade - Super banner
Olimpíadas
enhanced by Google
 

Atual campeão olímpico da maratona morre no Quênia

Samuel Wanjiru, de 24 anos, morreu na tarde de domingo depois de saltar da sacada de sua casa na cidade de Nyahururu

AE |

selo

Getty Images
Samuel Wanjiru foi o primeiro atleta do Quênia a ganhar a medalha de ouro na maratona olímpica
O campeão olímpico queniano Samuel Wanjiru se suicidou ao saltar da varanda de sua casa logo após uma discussão doméstica com a sua esposa por causa de outra mulher, informou nesta segunda-feira a polícia. Ele tinha 24 anos. Wanjiru morreu na tarde de domingo depois de saltar da sacada de sua casa na cidade de Nyahururu, no Vale do Rift, disse o chefe de polícia John Mbijiwe, na Província Central do Quênia.

"O fato é que Wanjiru se suicidou", disse o porta-voz da polícia nacional, Eric Kiraithe. De acordo com outro policial, Wanjiru se jogou da varada depois de uma discussão com sua esposa. O queniano tinha bebido, estava com outra mulher em sua casa e foi descoberto por sua esposa.

Wanjiru tinha um histórico de problemas domésticos. Em dezembro passado, foi acusado de ferir o seu segurança com uma espingarda e ameaçado matar sua esposa e empregada doméstica. O atleta negou todas as acusações e foi liberado após o pagamento de fiança.

Nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, Wanjiru foi o primeiro queniano a ganhar uma medalha de ouro na maratona, terminando a tradicional prova com o recorde olímpico de 2 horas, 6 minutos e 32 segundos.

Wanjiru foi o mais jovem corredor a vencer quatro importantes maratonas. Ele terminou em primeiro lugar em Londres em 2009 e nos Jogos Olímpicos de 2008, além de ter vencido duas vezes a Maratona de Chicago. Wanjiru teve de abandonar a Maratona de Londres em abril por causa de uma lesão no joelho.

Leia tudo sobre: atletismoSamuel Wanjiru

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG