Corrida para os ingressos dos Jogos do Rio 2016 começa nesta terça-feira

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

A partir das 14h, o torcedor poderá começar a escolher os eventos que deseja ver nas Olimpíadas e participar do primeiro sorteio de ingressos. Estarão à venda 7,5 milhões de entradas

A partir das 14h desta terça-feira, o torcedor poderá começar a sentir de fato o clima dos Jogos Olímpícos do Rio 2016, com o início do processo de escolha de ingressos para cada um dos mais de 700 eventos esportivos das 42 modalidades olímpicas. Às 11h, haverá uma entrevista coletiva via internet do comitê organizador Rio 2016 explicando todo o sistema e depois será liberado o acesso para que cada pessoa escolha os eventos que pretenda assistir, candidatando-se a participar do primeiro sorteio de ingressos.

Veja como estão as principais obras dos Jogos do Rio 2016

Projeção gráfica de como ficará o Parque Olímpico da Barra, para as Olimpíadas e Paraolimpíadas de 2016. Foto: Divulgação/Rio 2016Visão geral das obras do Parque Olímpico da Barra da Tijuca, no mês de março de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016Imagens das obras de março de 2015 dos três pavilhões das Arenas Cariocas, localizado no Parque Olímpico, que receberão provas de judô, esgrima e taekwondo. Foto: Divulgação/Rio 2016O novo Centro Aquático, localizado no Parque Olímpico da Barra, em março de 2015. Arena receberá as provas de natação dos Jogos de 2016. Foto: Divulgação/Rio 2016Obras do Centro de Handebol, de março de 2015. Arena está localizada no Parque Olimpico da Barra. Foto: Divulgação/Rio 2016Obras do Centro de Tênis, localizado no Parque Olímpico, em março de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016Visão geral do Parque Olímpico da Barra, no mês de março de 2015. com as instalações do Parque Aquático Maria Lenk e da Arena HSBC em primeiro plano. Foto: Divulgação/Rio 2016Obras do velódromo do Parque Olímpico, no mês de março de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016Campo de golfe para nos Jogos de 2016, em foto de março de 2015, com suas obras praticamente concluídas. Foto: Divulgação/Rio 2016Obras do centro aquático do pentatlo moderno, em março de 2015, localizado no Complexo Esportivo de Deodoro. Foto: Divulgação/Rio 2016Visão geral (em maço de 2015) do centro nacional de tiro esportivo, no Complexo de Deodoro, que precisará passar por adaptações para as Olimpíadas de 2016. Foto: Divulgação/Rio 2016Obras do Parque Radical, em Deodoro, no mês de março de 2015. Local receberá as provas de canoagem slalom, ciclismo BMX e ciclismo Mountain Bike. Foto: Divulgação/Rio 2016Obras para a arena de hóquei sobre grama, no Complexo de Deodoro, em março de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016Obras do Centro Nacional de Hipismo, no Complexo de Deodoro, em março de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016Prédios da Vila Olímpica dos atletas, ainda em obras, no mês de março de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016Obras do Parque Olímpico da Barra, em março de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016Obras do edifício do centro de imprensa principal (MPC), em março de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016Obras nas instalações do centro internacional de transmissões (IBC), de onde são transmitidas as imagens de TV, em março de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016O cronograma prevê a conclusão das obras na Arena Deodoro até o segundo trimestre de 2016. Foto: Divulgação/Rio 2016O complexo esportivo para a disputa das competições de ciclismo BMX  tem sua conclusão prevista para o último trimeste de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016O Centro Nacional de Tênis, localizado no Parque Olímpico da Barra, tem previsão para conclusão das obras no terceiro trimestre de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016O Parque Radical receberá as provas de ciclismo montain bike e deve ficar pronto até o primeiro trimestre de 201. Foto: Divulgação/Rio 2016O Centro Aquático, localizado no Parque Olímpico da Barra, terá suas obras concluídas apenas no primeiro trimestre de 2016. Foto: DivulgaçãoO Centro de Handebol, que está sendo erguido no Parque Olímpico da Barra, só ficará pronto no quarto trimestre de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016O novo Velódromo Olímpico, localizado n o Parque da Barra da Tijuca, só ficará pronto no último trimestre de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016


Ao todo, serão vendidos um total de 7,5 milhões de ingressos para as Olimpíadas do Rio, para um total de 42 modalidades olímpicas. Destes bilhetes, boa parte deles será vendida por até R$ 70. "Diferentemente da venda online, a fase de sorteios não exige que o espectador seja o primeiro a fazer a sua solicitação. Daremos chances iguais a todos que enviarem seus pedidos”, explica Donovan Ferreti, diretor de ingressos do comitê organizador.

Leia mais sobre os Jogos Olímpicos de 2016 no iG Esporte

A 500 dias dos Jogos, Rio 2016 ganha elogios mas tem promessas não cumpridas
Rio 2016 divulga calendário de provas e judô pode dar primeira medalha ao Brasil
Site de estatísticas aponta Brasil com 27 medalhas no Rio 2016
Conheça dez chances reais de medalha de ouro para o Brasil no Rio 2016

Com mais de 700 eventos disponíveis, o torcedor poderá, nesta primeira fase, escolher até 20 competições diferentes. Para isso, basta selecionar data, horário, local e quantidade de ingressos, no Portal de Ingressos Rio 2016. Cada pessoa poderá solicitar até seis ingressos por evento, com exceção das competições de maior demanda, como cerimônia de abertura, finais dos 100 m rasos no atletismo, natação, ginástica artística, futebol masculino ou vôlei. Neste caso, o limite será de quatro ingressos por pessoa.

Serão realizados dois sorteios no total, e o torcedor deverá submeter uma solicitação de ingresso diferente para cada um deles. Somente quem participou do primeiro sorteio, cujo resultado será divulgado em junho, poderá concorrer no segundo, em julho, que dará preferência a quem ainda não teve seus pedidos contemplados. A partir de outubro, terá início a venda online, que oferecerá os ingressos que restarem. Já em junho de 2016, serão abertas as bilheterias físicas, que venderão as últimas entradas.

Acompanhe todas as novidades sobre as Olimpíadas de 2016 no blog Espírito Olímpico

Para fazer a solicitação dos ingressos para os Jogos Olímpicos do Rio 2016, o torcedor deverá se rmaior de 18 anos, ter CPF e residir no Brasil. A forma de pagamento será com cartões de crédito da bandeira Visa ou Visa Electron. Quem não tiver esse cartão, poderá adquirir um outro na modalidade pré-pago, apenas para a compra das entradas das Olimpíadas. 

A venda de ingressos para os Jogos do Rio terá seu sistema online, controle de acesso e estrutura de call center criado pela empresa alemã CTS Eventim, segunda maior no setor de ingressos em todo o mundo e que foi a responsável pelo programa de ingressos da Copa do Mundo de 2006, na Alemanha, dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Inverno de Turim 2006 e Sochi 2014.

Leia tudo sobre: IngressosRio 2016Olimpíadas

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas