Venda de ingressos para o Rio 2016 começa sem Itaquerão no torneio de futebol

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Calendário do futebol olímpico é anunciado sem a presença do estádio do Corinthians, que receberia dez partidas. Reunião entre os dirigentes na próxima semana definirá a situação

A venda de ingressos para os Jogos Olímpicos do Rio 2016, que começará nesta terça-feira, não conta por enquanto com a presença da Arena Corinthians entre os estádios confirmados para receber o torneio de futebol. Segundo a versão atualizada do calendário oficial de competições, divulgado pelo Comitê Rio 2016, o Itaquerão não aparecena relação de estádios que receberão os jogos das competições masculina e feminina. A palavra final se a cidade de São Paulo terá ou não partidas de futebol nas Olimpíadas de 2016 acontecerá após uma reunião dos organizadores com os representantes do Corinthians, depois do feriado da Páscoa.

Os torcedores ainda não poderão comprar ingressos para ver partidas dos Jogos Olímpicos de 2016 no Itaquerão
Divulgação/Portal da Copa
Os torcedores ainda não poderão comprar ingressos para ver partidas dos Jogos Olímpicos de 2016 no Itaquerão


O impasse envolvendo os estádios de São Paulo nos Jogos de 2016 começou desde que a Fifa vetou a presença do Allianz Parque, do Palmeiras, e optava por colocar os jogos dos torneios masculino e feminino somente no Itaquerão, estádio do Corinthians. O problema é que o clube alega não ter dinheiro para bancar a instalação das estruturas provisórias, para áreas externas, imprensa, catracas etc, e cobra que alguém assuma a responsabilidade de pagar as despesas.

E mais: A 500 dias dos Jogos, Rio 2016 ganha elogios mas tem promessas não cumpridas

Após diversas reuniões entre a secretaria municipal de esportes e o Corinthians, ainda não havia se chegado a um acordo a respeito de quem pagará a conta destas estruturas. Como o comitê organizador não tinha como adiar o início da venda de ingressos, optou-se por não confirmar ainda a presença do Itaquerão no programa esportivo. Um novo encontro ocorrerá na semana que vem. A Arena Corinthians deverá receber, caso seja confirmada nas Olimpíadas, um total de dez partidas.

Leia ainda: Rio 2016 divulga calendário de provas e judô pode dar primeira medalha ao Brasil

As demais sub-sedes olímpicas do futebol estão confirmadas. O Rio de Janeiro, sede dos Jogos, terá partidas no Engenhão e no Maracanã; Belo Horizonte (com o Mineirão), Brasília (Mané Garrincha), Salvador (Arena Fonte Nova) e Manaus (Arena da Amazônia) são os locais que receberão os jogos de futebol em 2016. O torneio olímpico de futebol começará em 3 de agosto de 2016, dois dias antes da abertura dos Jogos, com partidas no Mineirão, Engenhão e Itaquerão, caso seja confirmado.

Confira como estão as obras das Olimpíadas do Rio 2016

Projeção gráfica de como ficará o Parque Olímpico da Barra, para as Olimpíadas e Paraolimpíadas de 2016. Foto: Divulgação/Rio 2016Visão geral das obras do Parque Olímpico da Barra da Tijuca, no mês de março de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016Imagens das obras de março de 2015 dos três pavilhões das Arenas Cariocas, localizado no Parque Olímpico, que receberão provas de judô, esgrima e taekwondo. Foto: Divulgação/Rio 2016O novo Centro Aquático, localizado no Parque Olímpico da Barra, em março de 2015. Arena receberá as provas de natação dos Jogos de 2016. Foto: Divulgação/Rio 2016Obras do Centro de Handebol, de março de 2015. Arena está localizada no Parque Olimpico da Barra. Foto: Divulgação/Rio 2016Obras do Centro de Tênis, localizado no Parque Olímpico, em março de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016Visão geral do Parque Olímpico da Barra, no mês de março de 2015. com as instalações do Parque Aquático Maria Lenk e da Arena HSBC em primeiro plano. Foto: Divulgação/Rio 2016Obras do velódromo do Parque Olímpico, no mês de março de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016Campo de golfe para nos Jogos de 2016, em foto de março de 2015, com suas obras praticamente concluídas. Foto: Divulgação/Rio 2016Obras do centro aquático do pentatlo moderno, em março de 2015, localizado no Complexo Esportivo de Deodoro. Foto: Divulgação/Rio 2016Visão geral (em maço de 2015) do centro nacional de tiro esportivo, no Complexo de Deodoro, que precisará passar por adaptações para as Olimpíadas de 2016. Foto: Divulgação/Rio 2016Obras do Parque Radical, em Deodoro, no mês de março de 2015. Local receberá as provas de canoagem slalom, ciclismo BMX e ciclismo Mountain Bike. Foto: Divulgação/Rio 2016Obras para a arena de hóquei sobre grama, no Complexo de Deodoro, em março de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016Obras do Centro Nacional de Hipismo, no Complexo de Deodoro, em março de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016Prédios da Vila Olímpica dos atletas, ainda em obras, no mês de março de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016Obras do Parque Olímpico da Barra, em março de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016Obras do edifício do centro de imprensa principal (MPC), em março de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016Obras nas instalações do centro internacional de transmissões (IBC), de onde são transmitidas as imagens de TV, em março de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016O cronograma prevê a conclusão das obras na Arena Deodoro até o segundo trimestre de 2016. Foto: Divulgação/Rio 2016O complexo esportivo para a disputa das competições de ciclismo BMX  tem sua conclusão prevista para o último trimeste de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016O Centro Nacional de Tênis, localizado no Parque Olímpico da Barra, tem previsão para conclusão das obras no terceiro trimestre de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016O Parque Radical receberá as provas de ciclismo montain bike e deve ficar pronto até o primeiro trimestre de 201. Foto: Divulgação/Rio 2016O Centro Aquático, localizado no Parque Olímpico da Barra, terá suas obras concluídas apenas no primeiro trimestre de 2016. Foto: DivulgaçãoO Centro de Handebol, que está sendo erguido no Parque Olímpico da Barra, só ficará pronto no quarto trimestre de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016O novo Velódromo Olímpico, localizado n o Parque da Barra da Tijuca, só ficará pronto no último trimestre de 2015. Foto: Divulgação/Rio 2016


Leia tudo sobre: Rio 2016OlimpíadasfutebolItaquerãoCorinthians

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas