Custo total das Olimpíadas de Londres 2012 fica abaixo do estimado

Relatório do governo britânico revelou que gastos ficaram em 8,92 bilhões de libras, quase 400 milhões a menos que o previsto no orçamento inicial

Reuters | - Atualizada às

Reuters

AP
Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro, recebe a bandeira olímpica

Reconhecida como uma das melhores edições dos Jogos Olímpicos em todos os tempos, a Olimpíada de Londres 2012 teve um alto preço para o contribuinte britânico, apesar de dados do governo terem revelado, nesta terça-feira, uma economia de 377 milhões de libras no orçamento do espetáculo esportivo.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

O relatório econômico trimestral final publicado pelo Departamento de Cultura, Mídia e Esporte do governo britânico (DCMS) mostrou que o custo total da realização dos Jogos foi de 8,92 bilhões de libras (14,3 bilhões de dólares), abaixo dos 9,3 bilhões de libras estimados no orçamento olímpico.

Leia mais: Bolt chega ao Rio e faz passeio de helicóptero por pontos turísticos

O orçamento operacional do Locog (Comitê Organizador de Londres 2012) de 2,2 bilhões de libras para a operação diária dos Jogos veio quase que inteiramente de patrocínios, venda de ingressos, mercadorias e do COI (Comitê Olímpico Internacional).

No entanto, o custo real do Locog chegou perto de 3 bilhões de libras quando se adiciona os 514 milhões de libras para segurança das instalações e 137 milhões de libras para "provisões operacionais", além do dinheiro extra para cerimônias mais luxuosas, que vieram do erário público.

Um porta-voz do DCMS disse que o governo sempre teve o compromisso de fornecer fundos ao Locog para a segurança local, inicialmente estimada em 282 milhões de libras.

AFP
Rainha Elizabeth II é acompanha de Sebastian Coe no centro aquático de Londres, durante as Olimpíadas


O valor final para a segurança dos Jogos não leva em conta nenhuma economia resultante da falha da empresa de segurança G4S em cumprir seu contrato olímpico na íntegra.

Apesar dos fortes aumentos nos custos de segurança local com a aproximação dos Jogos, os números divulgados nesta terça-feira mostraram 480 milhões de libras em contingência não utilizada do pacote de financiamento público.

Enquanto os custos operacionais aumentaram, o relatório disse que a Autoridade Pública Olímpica (APO), órgão financiado pelo governo responsável pela construção das instalações e infraestrutura, concluiu o projeto por 6,71 bilhões de libras, um bilhão a menos do que o inicialmente previsto.

EFE
Fogos de artifício são soltados no estádio, na abertura dos Jogos

O orçamento da APO foi reduzido em 47 milhões de libras entre maio e setembro, apesar de um aumento de 36 milhões de libras para completar a Vila Olímpica, com boa parte da economia vindo da redução dos custos de transporte.

"Temos o prazer de informar ainda mais economias feitas através de gestão cuidadosa do dinheiro público", disse o presidente-executivo da APO, Dennis Hone, em comunicado.

"Estamos entrando agora na fase final do trabalho da APO, transformando a Vila Olímpica em milhares de novas casas e construindo um bairro que se tornará estabelecido, crescerá e amadurecerá nas próximas décadas -- um legado de Londres-2012 para as próximas gerações."

O relatório final do orçamento foi divulgado no dia que o Locog começou a devolver partes do Parque Olímpico de Londres para a Corporação de Desenvolvimento do Legado de Londres, que vai transformar o local no leste de Londres no Parque Olímpico Rainha Elizabeth.

"Nós agora começamos o primeiro capítulo do legado duradouro que prometemos quando nos candidatamos para os Jogos", disse o presidente do Locog, Sebastian Coe, em um comunicado.

O projeto de 292 milhões de libras irá remover instalações temporárias, completar uma remodelação da Vila Olímpica para criar uma nova comunidade em Londres com 2.800 casas e instalará novas estradas e caminhos.

A reabertura gradual do Parque Olímpico está prevista para começar em julho de 2013.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: londres 2012rio 2016orçamento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG