iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Notícia

26/08 - 19:16

Estreantes ficam com 25% da fase de grupos da Champions
Com a conclusão da fase preliminar, nesta quarta-feira, nada mais nada menos que oito times, ou 25% dos participantes, estrearão na fase de grupos da edição 2009/2010

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Poucos dias depois de assumir a presidência da Uefa, em janeiro de 2007, Michel Platini discursou: "Não que eu esteja colocando a qualidade da Liga dos Campeões em dúvida. Mas acho que não podemos mais relegar a Copa da Uefa ao segundo plano. Os grandes países do continente, em especial Itália e Espanha, precisam entender que a Copa da Uefa tem sua importância à entidade e ao futebol europeu. É um caso para se pensar".

Nem bem completou três anos no cargo, e o francês já vê seu desejo de dividir o brilho entre os dois torneios se realizando. Com a conclusão da fase preliminar, nesta quarta-feira, nada mais nada menos que oito times, ou 25% dos participantes, estrearão na fase de grupos da edição 2009/2010 do mais nobre torneio interclubes do Velho Continente.

Enquanto isso, nesta quinta, forças tradicionais como Benfica, Ajax e Valencia tentam garantir suas vagas na mesma etapa da Liga Europa, competição que substitui a Copa da Uefa a partir desta temporada. Nos últimos anos, times como Milan e Bayern de Munique também tiveram que se contentar com o 'campeonato B'.

Desta vez, porém, Platini contou ainda com zebras ao redor da Europa para ver as novidades tomarem conta da Champions. Com a ajuda de uma péssima temporada de Ajax e PSV (outro que disputa a Liga Europa), o AZ Alkmaar encerrou um jejum de 28 anos sob o comando de Louis van Gaal (agora no Bayern) e ficou com o título holandês, garantindo automaticamente a sua classificação à fase de grupos da Champions.

Mesmo feito obteve o Wolfsburg do capitão Josué e do artilheiro Grafite. A equipe superou o poderoso Bayern e obteve a inédita conquista do Alemão. Já Standard Liege, da Bélgica, Rubin Kasan, da Rússia, e Unirea Urziceni, da Romênia, aproveitaram uma mudança de regra, que garante ao campeão de seus nacionais uma vaga direta na fase de grupos, e estreiam já nesta etapa na Liga dos Campeões.

Com isso, apenas três dos oito estreantes vieram dos play-offs da competição. Na última terça, Zurich, da Suíça, e Debrecen, da Hungria, eliminaram, respectivamente, Netspils, da Letônia, e Levski Sofia, da Bulgária, e avançaram. Nesta quarta foi a vez de o Apoel, do Chipre, despachar o Copenhagen, da Dinamarca, e chegar à fase de grupos.

O Chipre, aliás, é o claro exemplo da renovação da Champions. Até 20º8, o país nunca foi representado na competição. Agora, já marca presença pela segunda temporada seguida. Antes do Apoel, o Anorthosis Famagusta participou da última edição, arrancando inclusive um empate contra a poderosa Internazionale de José Mourinho.

As oito surpresas saberão nesta quinta-feira, em sorteio na sede da Uefa, quais serão seus primeiros adversários na fase principal da competição. Maior campeão da história da Liga dos Campeões, com nove títulos, o Real Madrid integrará o pote B e corre o risco de ter pela frente uma chave complicada.


Leia mais sobre: Liga dos Campeões Liga Europa

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias