iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Notícia

08/10 - 13:21

Rio Ferdinand critica falta de rigor da Fifa para punir racismo

"Fifa anuncia o que fará a respeito, mas as declarações nunca são acompanhadas com ações", disse o zagueiro

EFE

LONDRES (Inglaterra) - O zagueiro inglês Rio Ferdinand, do Manchester United, acha que a Fifa não adota medidas suficientemente rigorosas para erradicar os comportamentos racistas do futebol.

O zagueiro da seleção inglesa questionou as medidas anunciadas pela Fifa quando ocorrem episódios desse tipo, e acha que a entidade "atua com fraqueza".

O último grande episódio internacional de racismo aconteceu no mês passado em Zagreb, na Croácia, quando torcedores locais insultaram o atacante inglês Emile Heskey durante a vitória da seleção da Inglaterra sobre a croata por 4 a 1.

Apesar de a federação de futebol croata ter sido multada em 15 mil libras, Ferdinand não se mostrou satisfeito com a resolução da Fifa em relação ao caso.

"A Fifa anuncia o que fará a respeito, mas as declarações nunca são acompanhadas com ações", lamentou hoje o jogador do Manchester United ao programa "Radio 5 Live" da emissora britânica "BBC".

O zagueiro explicou seu ponto de vista. "A Croácia teve que pagar alguns milhares de libras. O que vão conseguir com essa multa? Isto não vai fazer com que as pessoas deixem de gritar insultos racistas ou homofóbicos", disse.

Ferdinand disse ainda que "o presidente da Fifa, Joseph Blatter, gosta de falar coisas que fazem bem à imagem da entidade", e acrescentou que gostaria que "fossem impostas punições adequadas para estes incidentes".

O zagueiro citou como outro exemplo o ocorrido no estádio Fratton Park, na partida em que o Portsmouth recebeu o Tottenham pelo Campeonato Inglês, na qual o zagueiro Sol Campbell, do time da casa, foi insultado por torcedores dos visitantes.

"As câmeras de segurança deveriam identificar as pessoas que fazem esse tipo de coisa e expulsá-las do estádio. É a única maneira que vejo para que isto deixe de acontecer", comentou. 


Leia mais sobre: Rio Ferdinand Manchester United Emile Heskey

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo