iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Notícia

23/09 - 14:04

Na Rússia, 5 atletas são suspensos por doping

Sergei Morozov, recordista mundial da categoria 20km da marcha atlética foi um dos atletas pegos no doping

EFE

MOSCOU (Rússia) - A Federação Russa de Atletismo (FRA, em russo) anunciou hoje a suspensão de dois anos a cinco atletas da marcha atlética após ser detectado o uso da substância ilegal eritropoetina (EPO).

Entre os punidos, aparece o nome de Sergei Morozov, recordista mundial da categoria 20km da marcha atlética.

"A substância proibida nos cinco casos é a mesma, EPO. Em cumprimento às normas antidoping, os atletas foram suspensos por dois anos contando a partir de 9 de setembro", disse Vladimir Usachov, secretário-geral da FRA, à agência "Ves-Sport".

O dirigente informou que a decisão foi passada à Federação Internacional de Atletismo (IAAF) para sua confirmação.

No caso de Morozov e de Igor Yerokhin, o uso de EPO foi detectado em 29 de julho, a poucos dias do início dos Jogos Olímpicos de Pequim.

Morozov era um dos favoritos ao ouro e foi expulso da equipe dias antes da prova, realizada em 16 de agosto.

No caso de Vladimir Kanaikin, Aleksei Voevodin e Viktor Burayev, os exames antidoping foram realizados em 20 de abril e, por isso, ficaram fora da equipe olímpica.

Ainda assim, a Rússia faturou o ouro na categoria 20km da marcha atlética em Pequim, com Valeriy Borchin. Já nos 50km, Denis Nizhegorodov conseguiu a medalha de bronze.

O atletismo russo se viu em meio a outros escândalos de doping nos últimos meses. A poucos dias do início dos Jogos Olímpicos, sete atletas da equipe feminina foram suspensas por suposta falsificação dos exames.

O diretor de inspeção antidoping do comitê olímpico russo, Nikolai Durmanov, denunciou que seu país é o único no mundo onde é possível comprar EPO em farmácias.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo