iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Notícia

23/09 - 18:54

Diretoria do São Paulo recebe comitê do Rio-2016

Morumbi seria uma das sub-sedes para as partidas de futebol, caso os Jogos Olímpicos forem no Rio

Agência Estado

SÃO PAULO - A diretoria do São Paulo recebeu na tarde desta terça-feira o Comitê Organizador da candidatura do Rio de Janeiro à sede dos Jogos Olímpicos de 2016. A capital carioca concorre com Chicago, Madri e Tóquio.

O presidente Juvenal Juvêncio, o diretor de futebol João Paulo de Jesus Lopes e o diretor de planejamento e desenvolvimento Marcelo Portugal Gouvêa receberam no estádio do Morumbi o gerente-geral de Relações Institucionais da Comissão Rio 2016, Fábio Starling, e outros integrantes do Comitê.

O estádio do São Paulo foi um dos escolhidos pelo comitê organizador da candidatura carioca para ser uma das sub-sedes do futebol masculino e feminino. Os palcos principais destas modalidades serão o Maracanã e o Engenhão, no Rio de Janeiro. As cidades de São Paulo, Brasília, Salvador e Belo Horizonte serão as outras sub-sedes.

O São Paulo apresentou o projeto de modernização do Morumbi para a Copa do Mundo de 2014, que servirá como base para o estádio dar apoio também para os Jogos Olímpicos, e foi bastante elogiada pelo gerente-geral de Relações Institucionais da Comissão Rio 2016, Fábio Starling.

"Estamos muito felizes de ver como as coisas estão aqui no São Paulo. O estádio tem toda capacidade de atender todos os requisitos que queremos. Agradeço ao presidente Juvenal por ter colocado o Morumbi à disposição e ao Dr. João Paulo, que tão bem nos tem assessorado", disse.

Fábio Starling destacou a importância da cidade de São Paulo para os Jogos Olímpicos do Rio 2016. "São Paulo será muito importante neste processo. Além de servir como entrada para quem vem de fora do País, a cidade terá destaque na questão das acomodações, devido ao acesso rápido entre as duas capitais", afirma o gerente-geral de Relações Institucionais da Comissão Rio 2016.


Leia mais sobre: São Paulo

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo