iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Notícia

04/09 - 14:36

Dirigente equatoriano abrirá processo contra jornalista

Jornalista havia afirmado que existiu manipulação de resultados em jogos da seleção do Equador na Copa de 2006

EFE

QUITO (Equador) - A federação equatoriana de futebol decidiu processar um jornalista canadense que afirmou que houve manipulação de resultados em alguns jogos da seleção do Equador na Copa do Mundo de 2006.

A entidade também disse que vai entrar com um processo contra o diário alemão "Bild", que publicou uma reportagem com as acusações.

O jornalista canadense Declan Hill afirma que tem gravações que mostram a intervenção de máfias de apostadores no Mundial da Alemanha, que envolve jogos como Brasil e Gana, pelas oitavas-de-final.

Segundo Hill, um grupo de tailandeses tentou manipular os resultados de outros jogos da Copa, como os da seleção italiana contra Gana (na primeira fase) e Ucrânia (nas quartas-de-final), e o da Inglaterra contra o Equador, pelas.

Luis Chiriboga, presidente da federação, negou a versão do jornalista e disse ao canal "Ecuavisa", que não aceitará este tipo de acusações.

"A honestidade de nosso futebol equatoriano, de nossos jogadores, de nosso corpo técnico, dos dirigentes da federação não está em dúvida. Esse jornalista, que fez a acusação, e o jornal que a publicou, têm que responder", afirmou.


Leia mais sobre: Copa do Mundo Equador

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo