iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Notícia

08/06 - 13:55, atualizada às 14:45 08/06

Itália e Holanda será duelo especial entre técnicos Donadoni e van Basten
Para o jogo de amanhã, os dois treinadores terão desfalques importantes e ainda não confirmaram suas escalações

EFE

BERNA (Suiça) - O jogo de amanhã entre Itália e Holanda, às 15h45 de Brasília, no Stade de Suisse de Berna será um duelo especial entre os técnicos Roberto Donadoni e Marco van Basten, ex-companheiros no Milan.

O holandês Van Basten e o italiano Donadoni conquistaram títulos como a Liga dos Campeões da Uefa em 1989 e 1990. Nesta segunda, estarão no comando de suas seleções na estréia do grupo C da Eurocopa de 2008.

Para o jogo de amanhã, os dois treinadores terão desfalques importantes e ainda não confirmaram suas escalações.

Pelo lado italiano, o zagueiro Fabio Cannavaro, do Real Madrid, foi cortado após se contundir nos treinos de preparação. O capitão da Itália se machucou ao sofrer uma entrada de Giorgio Chiellini, seu reserva.

Já o setor ofensivo da equipe tetracampeã mundial deve contar com Mauro Camoranesi e Antonio Di Natale armando as jogadas para o atacante Luca Toni.

A principal dúvida de Donadoni é Christian Panucci, que machucou o joelho direito nos treinos. Caso não jogue, Gianluca Zambrotta seria deslocado para a direita e Fabio Grosso entraria na lateral esquerda.

Na Holanda, quem ficou de fora do torneio foi o atacante Ryan Babel, do Liverpool, que sofreu uma lesão no tendão de aquiles.

No sábado, o time holandês teve mais uma baixa. O atacante Arjen Robben, do Real Madrid, machucou a virilha e está fora da estréia.

Já Robin van Persie, que voltou recentemente de contusão, não deve começar no time titular.

Desta forma, Dirk Kuyt deve ser escalado entre os 11 titulares.

No meio, Wesley Sneijder e Rafael van der Vaart estão confirmados.

A grande preocupação de van Basten é a defesa, ponto fraco de time, que terá a missão de parar o italiano Luca Toni, artilheiro do Campeonato Alemão e da Copa da Uefa.

Prováveis escalações: Holanda: Van der Sar; Ooijer, Heitinga, Mathijsen e van Bronckhorst; De Zeuuw (De Jong) Engelaar, Sneijder, van der Vaart e Kuijt; van Nistelrooy. Técnico: Marco van Basten.

Itália: Buffon; Panucci (Zambrotta), Barzagli, Materazzi, Zambrotta (Grosso); Gattuso, De Rossi (Ambrosini); Pirlo, Camoranesi, Di Natale; Toni. Técnico Roberto Donadoni.

Árbitro: Peter Fröjdfeldt (SUE), auxiliado pelos seus compatriotas Stefan Wittberg e Henrik Andrén. EFE rb/plc

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Leia mais sobre:

Topo