iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Notícia

06/06 - 18:11, atualizada às 18:38 06/06

Com problemas pessoais, técnico da Suíça agradece apoio recebido
Jakob Kuhn, técnico da Suíça, agradeceu hoje o apoio que vem recebendo desde segunda, quando sua mulher foi internada após sofrer um ataque epilético.

EFE

"Tenho uma equipe magnífica ao meu redor, começando pelos jogadores. Todos me apoiaram e deram a força e coragem necessários para estar hoje aqui", disse Kuhn, que amanhã vai comandar a Suíça na partida de abertura da Eurocopa de 2008, contra a República Tcheca.

Há alguns meses, o técnico comunicou a decisão de deixar a seleção após o torneio europeu para cuidar de sua mulher. Kuhn será substituído pelo alemão Ottmar Hitzfeld, ex-Bayern de Munique.

Caso o atual treinador tenha que abandonar a Eurocopa, a equipe seria comandada interinamente pelo auxiliar Michel Pont.

A Associação Suíça de Futebol informou que Alice Kuhn, mulher do técnico, permanece internada no Hospital Universitário de Zurique e segue em condição estável. A federação não disse, no entanto, se ela ainda está em coma induzido.

Kuhn se disse otimista em relação ao desempenho da sua equipe no torneio.

"Há dois anos fomos ao Mundial com uma equipe muito jovem. Agora, temos 16 ou 17 jogadores daquele grupo, que tem muito mais experiência. O público suíço também nos motivará com seu apoio. Por isso, respeitamos aos tchecos, mas não os tememos", concluiu.

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Leia mais sobre:

Topo