Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Meia Doni lamenta participação em escândalo na Itália

Jogador passou cinco dias na prisão por conta de participação no esquema de manipulação de resultados para ajudar apostadores

AE |

selo

O meia italiano Cristiano Doni lamentou ter feito parte do escândalo de manipulação de resultado que chocou o futebol italiano no fim do ano passado. Por conta das acusações, o jogador passou cinco dias na prisão. Ele admitiu sua culpa, mas garantiu que só tentava ajudar a Atalanta, sua equipe.

Veja também: Cristiano Doni e mais 16 são presos na Itália

Doni foi preso ao lado de outras 15 pessoas, todas acusadas de participação no escândalo, que teria manipulado placares para ajudar um grupo de apostadores. Ele confirmou que colaborou para definir o triunfo de seu clube sobre o Piacenza, por 3 a 0, e o empate com o Ascoli, por 1 a 1.

Leia mais sobre futebol italiano no blog Tripletta

O jogador, no entanto, garantiu que estes foram os únicos resultados que ele ajudou a arranjar e negou as acusações de que teria ocasionado a queda da Atalanta para a segunda divisão, na temporada 2009/2010. "Isso é uma mentira", disse, em entrevista publicada neste sábado pelos jornais Gazzetta dello Sport e La Repubblica.

"Inclusive os erros que cometi foram porque queria que a Atalanta voltasse à primeira divisão. Era minha obsessão, teria feito qualquer coisa. De fato, fiz qualquer coisa, traí o esporte. Na verdade, não entendo porque o fiz. Fui um imbecil e não há justificativa", declarou.

E mais: Juventus anuncia contratação por empréstimo do uruguaio Cáceres

A maioria dos resultados investigados são de partidas pelas divisões inferiores da Itália, mas suspeita-se que o esquema possa ter atingido inclusive a elite do futebol local. A polícia segue em busca de provas e outros jogadores ainda podem ser acusados.

Aos 38 anos, Cristiano Doni está em sua 11ª temporada com o Atalanta. Ele chegou ao clube em 1998, saiu em 2003, e voltou em 2006 para não mais sair. O jogador já passou pela seleção italiana e chegou a disputar a Copa do Mundo de 2002.

Leia tudo sobre: futebol mundialitáliaatalantacristiano doni

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG