Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Médico diz que é a primeira vez que Roberto Carlos reclama de dor

Jogador corintiano está com problema na coxa esquerda desde o ano passado, quando foi poupado. Júlio Stancati fala que não é grave

Bruno Winckler e Marcel Rizzo, iG São Paulo |

O departamento médico do Corinthians explicou nesta quinta-feira que Roberto Carlos reclamou de dor pela primeira vez no ano depois do empate sem gol contra o Tolima-COL, na noite de quarta-feira, no Pacaembu. O jogador disse que é insuportável atuar com o problema na coxa esquerda e que já havia dito aos médicos que precisava de tratamento.

“Foi a primeira vez nesse início de ano que o Roberto Carlos reclamou de dores. É uma mialgia no músculo posterior da coxa esquerda. No ano passado ele já havia reclamado dessa dor, mas nesse ano é a primeira vez”, disse o médico Júlio Stancati, que acompanhou o elenco na partida pela primeira fase da Libertadores. Mialgia é uma dor muscular causada, normalmente, pelo esforço excessivo.

Roberto Carlos, como todos os titulares, será poupado da partida contra o São Bernardo, domingo, pelo Campeonato Paulista. Mas apesar da “dor insuportável” ele quer estar em campo na partida da volta contra o Tolima, quarta que vem (2 de fevereiro), em Ibagué, na Colômbia. Para se classificar para a fase de grupos, o Corinthians precisa vencer ou empatar com gols. Um novo 0 a 0 leva a decisão para os pênaltis.

“Vamos ver como ele se sente agora a tarde, vamos avaliá-lo. Essas dores tem relação com esse início de temporada e o cansaço pela sequência de jogos, mas é algo que não preocupa para a quarta-feira”, disse Stancati.

O Roberto Carlos sentiu essa mesma lesão na metade do Brasileirão do ano passado. Ele foi poupado de um jogo contra o Grêmio no Pacaembu, na segunda rodada do returno, e voltou no jogo seguinte contra o Fluminense. Foi substituído em cinco dos sete jogos seguintes ao jogo do Grêmio até ser poupado por conta do problema contra o Atlético-GO, no Pacaembu.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG