Publicidade
Publicidade - Super banner
Mais Esportes
enhanced by Google
 

Woods minimiza perda da liderança do ranking do golfe

Respeito o ranking mundial, sim, já não sou mais considerado o número 1 do mundo, disse, nesta segunda-feira

Agência Estado |

Tiger Woods disse não estar surpreso de ter deixado de ser o número 1 do mundo no golfe. O astro norte-americano perdeu o posto para o britânico Lee Westwood por conta do desempenho decepcionante neste ano.

Westwood assumiu a liderança do ranking mundial do golfe no domingo, encerrando uma sequência de 281 semanas de liderança de Woods.

"Respeito o ranking mundial, sim, já não sou mais considerado o número 1 do mundo", disse, nesta segunda-feira. "Para conseguir isso, tenho que ganhar e não ganhei neste ano", completou Woods, que jogou uma partida amistosa em Yokohama nesta segunda-feira contra o japonês Ryo Ishikawa. Ele segue para a China, onde disputará o Masters de Xangai a partir de quinta-feira.

Woods havia estado na liderança desde a semana antes do Aberto dos Estados Unidos em 2005. Ganhou o Aberto da Grã-Bretanha um mês depois e sua condição de número 1 se viu pouco ameaçada desde então. Isso mudou neste ano, quando o norte-americano passou maus momentos no esporte e na sua vida pessoal, depois da descoberta de casos de infidelidade.

O jogador disse que está fazendo tudo o que é possível para adaptar-se ao seu novo momento no golfe. "Quanto aos meus sentimentos, é o que é", disse Woods. "Para ser número 1 tenho que ganhar e ganhar muito para mantê-lo. É assim que funciona".

Leia tudo sobre: outros esportes - golf

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG