Tamanho do texto

Após 25 dias da largada, ocorrida em Alicante (ESP), barco da equipe árabe foi a primeira a chegar na Cidade do Cabo, ponto final da primeira etapa da regata de volta ao mundo

A etapa mais equilibrada da história da Volvo Ocean Race, a maior regata de vela oceânica do mundo, teve o Abu Dhabi Ocean Racing como vencedor. A equipe árabe cruzou a linha de chegada na tarde desta quarta-feira, após 25 dias de regata, entre Alicante, na Espanha, e a Cidade do Cabo, na África do Sul. O resultado foi apertado, já que o segundo colocado, o chinês Dongfeng, apareceu 12 minutos depois. Na reta final, árabes e chineses protagonizaram um verdadeiro 'pega' nas águas africanas.

Veja imagens da regata Volvo Ocean Race


"Estou muito contente pela vitória. Nossa equipe velejou super bem e merecemos o resultado", explicou o inglês Ian Walker, comandante do Abu Dhabi. "As últimas duas horas foram extenuantes. Mas não podemos esquecer dos últimos dias com a pressão do Dongfeng. Tenho que parabenizar o Charles Caudrelier [comandante do barco chinês] e sua equipe pela regata. Eles não podem ser subestimados", completou

O resultado marca a redenção do Abu Dhabi. Em 2011/12, na mesma etapa, os árabes perderam o mastro e foram obrigados a abandonar a perna. Dessa vez, a estratégia de Ian Walker foi mais conservadora, sem deixar o pelotão da frente durante quase todo o percurso. A batalha com os chineses começou após as Ilhas Canárias, antes da Linha do Equador. Com a passagem pelos Doldruns - zona de calmaria, o prognóstico começou a se definir com dois grupos.  Vice-campeão da etapa, o Dongfeng teve dois problemas estruturais no barco e acabou perdendo mais de seis horas para reparos.

Leia tudo sobre a Volvo Ocean Race no iG Esporte

Mas, apesar de o Abu Dhabi e o Dongfeng terem liderado a maior parte dos 12 mil quilômetros da primeira perna, todas as outras equipes sentiram o gostinho de estar em primeiro lugar por horas.

Acompanhe a classificação da Volvo Ocean Race em tempo real


O próximo barco a completar a primeira etapa deve ser o Team Brunel. Os holandeses são esperados na Cidade do Cabo no início da noite desta quarta-feira. Pelo monitoramento da Volvo Ocean Race, o quarto a chegar será o Team Vestas Wind, da Dinamarca. A previsão indica que os escandinavos irão cruzar a linha na manhã desta quinta-feira. O Team Alvimedica é esperado no período da noite. Já o espanhol MAPFRE e o sueco Team SCA só devem aparecer na sexta-feira.

O som das vuvuzelas e do públicou prometem animar todos os velejadores que ainda vão chegar na África do Sul. Eles sofreram com a variação de temperatura - no começo mais quente e depois o frio do sul, e o racionamento de comida a bordo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.