Publicidade
Publicidade - Super banner
Mais Esportes
enhanced by Google
 

Trio queniano é candidato ao pódio da São Silvestre

Barnabas Kiplagat Kosgei, Mark Korir e Mathew Kiptoo Cheboi são favoritos na mais tradicional prova do atletismo realizada no Brasil

Gazeta Esportiva |

O pelotão africano vem forte para disputar a 86ª edição da São Silvestre, no dia 31, pelas ruas da Capital Paulista. Os quenianos Barnabas Kiplagat Kosgei, Mark Korir e Mathew Kiptoo Cheboi, mostraram que estão bem preparados e são candidatos ao pódio da São Silvestre. O trio dominou a 10K Rio - Corrida Pan-Americana, no dia 28 de novembro, e a Volta da Pampulha, no dia 5.

Barnabas venceu a prova mineira de 17,8 quilômetros, com um sprint impressionante nos últimos 300 metros. Ele tem 24 anos e foi campeão mundial de cross country em 2007. Na 10K Rio, na semana anterior, foi vice-campeão, atrás de seu compatriota Mark Korir. Este acabou em segundo em Belo Horizonte.

O trio também conta com Mathew Cheboi, de 28 anos, terceiro na 10K Rio e sexto na Pampulha. Ele venceu a Meia Maratona de São Paulo em 2007 e foi terceiro neste ano. Ganhou a Meia Maratona de Belgrado, na Sérvia, e foi vice na Meia de Bologna, na Itália, no ano passado.

O grupo está no Brasil desde a metade do ano, treinando em Nova Santa Bárbara, no Paraná, com o técnico Moacir Marconi, o "Coquinho", e disputando provas em vários estados. "Eles estão totalmente ambientados ao clima e às condições do Brasil. Pelos últimos resultados, deverão fazer um ótimo papel na São Silvestre", acredita Marconi.

Os atletas quenianos dominam as primeiras posições desde que a São Silvestre passou a ter 15 quilômetros, em 1991. Simon Chemwoyo (1993 e 1994), Paul Tergat (1995, 1996, 1998, 1999 e 2000), Robert Cheruyiot (2002, 2004 e 2007) e James Kwambai, que venceu nos dois últimos anos, marcaram o nome do país na prova. Foram 12 vitórias quenianas, uma do México (Arturo Barrios, em 1991), uma da Etiópia (Tesfaye Ragassa, em 2001) e cinco brasileiras: Ronaldo da Costa (1994), Emerson Izer Bem (1997), Marílson Gomes (2003 e 2005) e Franck Caldeira (2006).

Leia tudo sobre: outros esportes - atletismo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG