Publicidade
Publicidade - Super banner
Mais Esportes
enhanced by Google
 

Tricampeão mundial de surfe morre aos 32 anos

Norte-americano Andy Irons foi o principal adversário de Kelly Slater, o grande surfista da história. Suspeita é de dengue

Agência Estado |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861768126&_c_=MiGComponente_C

Tricampeão mundial de surfe, o norte-americano Andy Irons morreu nesta terça-feira. Ele tinha 32 anos e ocupava o 16º lugar no ranking da atual temporada, quando chegou a vencer a quinta etapa, disputada em setembro, na Polinésia. A causa da morte ainda não foi divulgada, mas as primeiras informações apontam para dengue.

Irons estava em Porto Rico para a disputa da penúltima etapa da temporada da divisão de elite do surfe mundial. Mas, como estava passando muito mal, abandonou a competição. Ao retornar para os Estados Unidos, sentiu-se mal na escala em Dallas e decidiu se hospedar em um hotel, local em que foi encontrado morto.

A família divulgou um comunicado em que agradece o apoio dos amigos e fãs, mas pede privacidade - a esposa dele está grávida de oito meses, esperando o segundo filho do casal.

Natural do Havaí, Irons conquistou o título mundial em 2002, 2003 e 2004, tendo sido campeão de 19 etapas do circuito ao longo da carreira. Depois de ficar um ano afastado das competições, ele retornou nesta temporada, mostrando empolgação para voltar a figurar entre os melhores do ranking.

Por conta desse currículo vitorioso, Irons era considerado um dos grandes rivais do também norte-americano Kelly Slater, que é considerado o maior surfista da história - tem nove títulos mundiais e caminha para conquistar o décimo.

Leia tudo sobre: outros esportes - surf

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG