Cronômetro trava antes do gol do Los Angeles Kings contra o Columbus Blue Jackets. NHL investiga erro, mas admite manter resultado

O lance que resultou na vitória do Los Angeles Kings sobre o Columbus Blue Jackets por 3 a 2 tem causado bastante polêmica na NHL. O gol que desempatou o confronto foi marcado pelo defensor Drew Doughty no estouro do cronômetro. O problema é que o relógio travou e ficou parado por alguns instantes durante a jogada.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A falha aconteceu quando o relógio apontava 1,8 segundo para o fim do confronto. O atraso foi suficiente para que desse tempo de Doughty mandar o disco para dentro do gol antes do estouro do cronômetro. O erro só foi percebido depois do jogo, quando a comissão técnica do Blue Jackets assistiu à repetição da partida.

O vice-presidente de operações da NHL, Colin Campbell, afirmou que a liga vai abrir investigação para buscar a razão do problema. Ele ainda admitiu que o gol não deveria ser validado, mas admitiu que o resultado do jogo provavelmente não será modificado.

Leia também: Ring Girls do UFC entram no clima do Super Bowl e jogam na praia

Scott Howson, dirigente geral do Blue Jackets, não escondeu a sua indignação. Apesar de a equipe ser dona da pior campanha da temporada 2011/12 da NHL, ele disse que todo mundo que trabalha no time está incomodada com a injustiça no placar.

O cartola apontou ainda que o erro do cronômetro prejudicou também os times que lutam com o Kings por uma vaga nos playoffs. “Nós nunca saberemos se eles fariam um gol na prorrogação, mas era bem possível isso não acontecer. Esse gol pode ter um impacto enorme na classificação da NHL, tanto do ponto de vista competitivo como do econômico. E se o Kings for para os playoffs ou conseguir vantagem de mando de quadra por um ponto de diferença?”, questionou Howson.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.