Nadador brasileiro já conquistou 17 medalhas nas cinco etapas anteriores da Copa do Mundo de piscina curta

Sem tempo para descansar, o nadador brasileiro Thiago Pereira volta à piscina nesta terça-feira, dois dias depois de ter encerrado a competição em Berlim com duas medalhas de ouro e uma de prata. Dessa vez, ele nada a sexta etapa da Copa do Mundo em piscina curta (25 metros), que acontece em Moscou, na Rússia. E promete manter o embalo das conquistas anteriores.

Até agora, com cinco etapas disputadas, Thiago Pereira já conquistou 15 medalhas de ouro e duas de prata, liderando o ranking geral da competição e ficando bem perto do título simbólico de "Rei da Copa do Mundo". Por isso mesmo, ele espera ir  bem em Moscou e também na disputa final do circuito, marcada para o fim de semana, em Estocolmo, na Suécia.

"Quero fazer o meu melhor e manter meu ritmo de bons resultados. A etapa passada foi muito produtiva e consegui nadar bem, principalmente nos 200 metros medley", disse Thiago Pereira, lembrando de uma das provas em que ganhou medalha de ouro na disputa em Berlim - a outra foi nos 400 metros medley, enquanto a prata veio nos 100 metros medley.

Apesar da maratona de competições seguidas, Thiago Pereira garante que o desgaste não está afetando a sua performance nas provas. "Me preparei bem para este desafio e até o momento está tudo saindo dentro do planejado", contou o brasileiro, que luta pelo prêmio de US$ 100 mil que é dado ao nadador que ficar com o título de "Rei da Copa do Mundo".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.