Publicidade
Publicidade - Super banner
Mais Esportes
enhanced by Google
 

Ronald bate recorde brasileiro do lançamento do disco

Durante a prova da Universíade em Shenzhen, na China, ele lançou o disco a 63m30, superando seu próprio recorde anterior

Gazeta Esportiva |

O lançador Ronald Julião quebrou o recorde brasileiro do lançamento do disco neste domingo, durante a prova da Universíade em Shenzhen, na China. Ele lançou o disco a 63m30, em marca supera os 63m09 feitos por ele mesmo em 2010. Com o resultado, Ronald conquistou a medalha de bronze na competição.

O pódio teve o estoniano Mart Israel na primeira colocação (64m07), seguido do polonês Przemysla Czajkowski (63m62). O técnico do lançador brasileiro, João Paulo Alves da Cunha, comemorou o resultado obtido pelo seu pupilo.

"Foi uma prova forte, com adversários que neste ano já fizeram marcas melhores que a do Ronald. Logo no primeiro lançamento ele já fez 60,28 m e se manteve nessa média, melhorando nas tentativas seguintes", avaliou João Paulo.

"Estávamos trabalhando para conseguir esse resultado. O índice para o Mundial de Daegu (63m00) veio alguns dias depois do prazo, mas foi ótimo. Agora ele vai brigar por uma medalha no Pan de Guadalajara, em outubro", projetou o técnico.

Heptacampeão brasileiro no lançamento do disco, Ronald Julião vem mostrando uma boa evolução na modalidade. Apenas em 2010, quebrou quatro vezes o recorde brasileiro, melhorando sua marca de 60m40 para 63m09. Neste ano, Ronald fez uma clínica de um mês com o espanhol José Luiz Martinez, para aprimorar detalhes de sua técnica.

Em Shenzhen, na terça-feira (16), o lançador já havia batido o recorde brasileiro do arremesso do peso, com 18m78, superando a marca de Adilson Ramos de Oliveira (18m72), que já durava quase 17 anos. Tetracampeão brasileiro da modalidade, o atleta também é dono do recorde brasileiro do arremesso do peso indoor, com 17m94.

Leia tudo sobre: universíade

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG