Publicidade
Publicidade - Super banner
Mais Esportes
enhanced by Google
 

Noruega vence Mundial e amplia supremacia no handebol

Atual campeã olímpica e europeia, seleção norueguesa bate a França e fica conquista título da competição pela segunda vez

AE |

selo

Depois de bater na trave nas duas últimas edições, a Noruega voltou a ser campeã mundial no handebol feminino neste domingo e se consagrou como maior força da modalidade. Nesta tarde, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, a atual campeã olímpica e europeia venceu a França por 32 a 24 e faturou pela segunda vez o Campeonato Mundial, repetindo a conquista de 1999, quando sediou a competição junto com a Dinamarca e também venceu a seleção francesa na decisão.

Leia também: Técnico vê Brasil 'excepcional' no Mundial de Handebol

Diferentemente daquela ocasião, quando o título veio apenas na prorrogação, a vitória da Noruega neste domingo foi tranquila, tendo ficado à frente do placar desde os 15 minutos do primeiro tempo. Dali até o intervalo, as norueguesas ampliaram a vantagem e foram para os vestiários com 18 a 12. No segundo tempo o jogo foi mais equilibrado, mas as francesas não conseguiram sequer encostar.

O título mundial, assim, fica com a equipe que mais cresceu durante a competição. Atual tetracampeã europeia, a Noruega começou o Mundial perdendo para a Alemanha. Depois, conseguiu a recuperação e venceu China, Islândia, Angola e Montenegro, terminando no primeiro lugar do Grupo A.

Nas oitavas de final começou o passeio, com 34 a 22 na Holanda. Nas quartas, outra vitória tranquila, por 30 a 25 sobre a Croácia. A Espanha, na semifinal, também foi presa fácil, derrotada por 30 a 22. Já a França, que perdeu do Brasil na primeira fase, chegou à final passando aperto contra Suécia, Rússia e Dinamarca nos mata-matas.

A medalha de bronze do Mundial ficou com a Espanha, que eliminou o Brasil nas quartas de final e subiu ao pódio pela primeira vez. Neste domingo, as espanholas venceram a Dinamarca por 24 a 18 no Ibirapuera. O Brasil, que arrasou a então atual tricampeã Rússia por 36 a 20, terminou em quinto, com as russas em sexto. Croácia, Angola, Suécia e Montenegro completaram as dez primeiras posições.

O próximo Mundial de Handebol Feminino será em dezembro de 2013, na Sérvia. Para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, já estão classificados Grã-Bretanha (dona da casa), Noruega, Coreia do Sul e Brasil, campeões continentais, além da França, que levou a vaga que estava em jogo no Mundial. As demais vagas sairão do Campeonato Africano (uma) e dos três quadrangulares pré-olímpicos, cada um distribuindo duas vagas.

Leia tudo sobre: mundial de handebolnoruega

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG