Após lesões, musa brasileira da natação se aposenta. Relembre belas do esporte

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Gabriella Silva, dona de medalhas no Pan e participações em Olimpíadas e Mundial, usou a sua página no Facebook para dizer que estava se despedindo das piscinas

Divulgação
Gabriella Silva, melhor brasileira em um Mundial, deixa a natação aos 24 anos

Com bronze no Pan-Americano de 2007 nos 100 m borboleta e a melhor colocação de uma brasileira em um Campeonato Mundial, Gabriella Silva se despede da natação. Aos 24 anos e depois de sofrer com uma série de lesões, a carioca usou a sua página no Facebook para anunciar a aposentadoria. 

Deixe seu recado e comente com outros leitores

"Não é fácil dizer adeus àquilo que se ama. Muito do que eu tenho na minha vida devo à natação. Foi nadando que eu passei os momentos mais felizes dela", começou a agora ex-atleta. Ela lembrou as conquistas na natação como a medalha pan-americana a participação em Pequim e o Mundial de Roma, quando ficou em quinto lugar, até hoje o melhor resultado para uma atleta do país. "Sempre dei meu máximo e abri mão de muitas coisas pra ter tido uma carreira bem sucedida, e tudo valeu a pena", disse. 

Gabriella falou das lesões para justificar a aposentadoria precoce. "Infelizmente minha carreira sempre foi marcada por um outro lado, não tão bonito, mas que teve seu valor na minha formação como atleta e pessoa; minhas lesões. Não é fácil entender o que o nosso corpo está nos dizendo, mas há alguns anos eu tenho ouvido ele reclamar e tenho escolhido não escutá-lo.Agora ele começou a gritar, mesmo que eu quisesse já não dá mais pra fingir. Eu não sei bem quem sou sem natação, mas sei o que quero fazer, para onde quero ir. Eu quero ir", escreveu também. 

Longe das piscinas, Gabriella Silva pretende prestar vestibular para medicina. 

Musas que deixam saudades

E ela não foi a única bela da natação a se aposentar recentemente. No final de 2012, Flavia Delaroli deixou o esporte após o Mundial de piscina curta, na Turquia. Antes, a francesa Laure Manaudou havia dito que o Europeu, disputado em novembro, seria sua última competição. E outras musas também serão sempre lembradas pelos resultados no esporte e pela beleza. Relembre algumas na galeria abaixo:

Gabriella Silva: mais recente na lista de musas que deixaram o esporte. Foto: Divlugação/CBDAFlávia Delaroli: nadadora queria parar em meados de 2012, mas fez índice para Mundial de piscina curta em dezembro, ficou em oitavo nos 50m livre e se aposentou. Foto: ArquivoLaure Manaudou: Aos 26 anos, a francesa anunciou a sua segunda aposentadoria no ano passado e disse que Campeonato Europeu, em novembro, seria sua despedida. Foto: ReproduçãoGisela Dulko: tenista argentina que tem no currículo títulos como o Aberto da Austrália e o WTA Championship deixou as quadras em novembro de 2012. Foto: Getty ImagesShawn Johnson: com uma série de lesões no joelho, a ginasta norte-americana decidiu de aposentar aos 20 anos, antes das Olimpíadas de Londres. Foto: Getty ImagesSarah Ayton: Também antes de Londres, a britânica bicampeã olímpica (esquerda) na vela desistiu de seguir nas competições. Foto: Getty ImagesGabriela Sabatini: argentina chamou atenção por títulos no tênis e pela beleza. Foi prata nas Olimpíadas, conquistou Aberto dos Estados Unidos e parou em 1996. Foto: Getty ImagesMartina Hingis: ex-tenista suíça deixou as quadras com cinco Grand Slams na bagagem (três Abertos da Austrália, um Wimbledon e um Aberto dos Estados Unidos). Foto: Getty ImagesAna Paula: participou de Olimpíadas na quadra e na praia. Sob comando de Bernardinho, foi bronze em Atlanta. Depois, foi aos jogos nas areias, em Atenas e Pequim. Parou em 2010. Foto: Reprodução Leila: atuou com Ana Paula na quadra e na praia. A bela tem dois bronzes olímpicos no currículo e arrancou suspiros no vôlei até 2008. Foto: Divulgação/CBV



Leia tudo sobre: genetnataçãonadadoragabriella silvalesõesaposentadoriamusarecordesmundiais

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas