Após três anos de parceria, Corinthians não renova com Thiago Pereira

Nadador ainda não definiu um novo clube, mas disse que segue no projeto P.R.O. 2016 e continua acompanhado pelo técnico Albertinho Silva

iG São Paulo |

Ernesto Carriço / Ag. O Dia
Thiago Pereira foi eleito o nadador do ano de 2012 no prêmio Brasil Olímpico

O nadador Thiago Pereira não é mais atleta do Corinthians. O medalhista de prata nas Olimpíadas de Londres havia comentado o final da parceria de quase três anos na entrega do prêmio Brasil Olímpíco e confirmou o desligamento do clube, por meio de sua assessoria de imprensa, nesta quarta-feira. 

Deixe seu recado e comente com outros leitores

"Tenho só elogios e gratidão a todos no Corinthians, clube que defendi com profissionalismo e dedicação. Foi um ano repleto de conquistas, que começou com a vitória do Anderson Silva no UFC, a minha medalha em Londres e os títulos da Libertadores e, mais recentemente, do Mundial", disse Pereira. Segundo o nadador, foi o clube quem não quis renovar o contrato. 

Leia também:  Arthur Zanetti e Sheilla são eleitos os melhores atletas do ano

Thiago Pereira chegou ao Corinthians em 2010 e, até agora, ainda não definiu qual clube irá defender. "A mudança não atrapalhará meus planos de conquistar mais uma medalha olímpica, ampliar ainda mais a minha coleção pan-americana e lutar pelo pódio inédito no Mundial de Barcelona nos 200m medley. Continuo no grupo de treinamento P.R.O. 2016 com a mesma seriedade e confiança", contou o atleta. 

O nadador segue morando em São Paulo e é treinado por Albertinho Silva, que também cuida da preparação de nomes da natação como Cesar Cielo e Nicholas Santos. 

Brasil Olímpico

Thiago Pereira era finalista a prêmio de atleta do ano, mas perdeu para o ginasta Arthur Zanetti. O nadador levou para casa o troféu de melhor nadador de 2012. Ele já foi eleito o melhor do ano em 2007, quando conquistou seis ouros no Pan do Rio de Janeiro. 

"Chegar na final do Prêmio Brasil Olímpico é digno de comemoração. Um reconhecimento de todo esforço, que culminou com a prata olímpica. Só tenho que agradecer a todos que me ajudaram a chegar até aqui e parabenizar o Arthur Zanetti e o Esquiva Falcão, que defenderam o Brasil com raça e são exemplo para as novas gerações", comentou. 

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG