Principal rival do maior nadador da história, americano Ryan Lochte acredita que astro sentirá saudades das piscinas e virá ao Rio competir nas Olimpíadas

O americano Ryan Lochte treina um dia antes da abertura do Mundial de piscina curta, na Turquia
Getty Images
O americano Ryan Lochte treina um dia antes da abertura do Mundial de piscina curta, na Turquia

Aposentado desde o fim dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 , o americano Michael Phelps não cogita um retorno às piscinas. Ainda assim, o principal adversário e companheiro de equipe do maior medalhista olímpico de todos os tempos, Ryan Lochte, acredita que as Olimpíadas do Rio 2016 poderão fazer o astro mudar de ideia. 

Você acha que Michael Phelps irá desistir da aposentadoria e nadar em 2016? Opine

"Michael Phelps diz que está aposentado. O esporte sentirá falta dele, ele é um dos meus rivais favoritos e eu sentirei saudades. Mas acho que ele vai voltar. Quando você faz algo por tanto tempo, todo dia... e ele ainda é jovem. Acho que ele estará de volta para os Jogos do Rio. Nós veremos, ele vai sentir saudade do esporte", avalia Lochte, em entrevista ao jornal inglês The Guardian .

Veja também: Brasil usa Mundial da Turquia como teste da nova geração da natação

Segundo o nadador, outras interrupções de Phelps durante sua carreira dão indício de que ele seguiria competitivo caso voltasse a competir após tanto tempo sem treinar ou disputar uma prova. "Ele tem muito talento, ele já tirou muitos meses de folga e voltou. Não acho que isso tenha efeito sobre ele", disse Lochte.

Recentemente, o australiano Ian Thorpe voltou a competir após pouco mais de três anos aposentado. O "Torpedo", porém, fracassou em seu retorno e sequer classificou-se para os Jogos de Londres .

* Com agências

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.