Brasil usa Mundial da Turquia como teste da nova geração da natação

Equipe brasileira que participa do Campeonato Mundial de piscina curta (25 m) tem atletas veteranos e novos talentos, que se preparam para as Olimpíadas do Rio 2016

iG São Paulo * | - Atualizada às

Com uma equipe formada por 19 nadadores, o Brasil inicia nesta quarta-feira sua participação no 11º Campeonato Mundial de natação em piscina curta (25 m), que será realizada na cidade de Istambul (Turquia). As eliminatórias deste primeiro dia de competições terão início a partir das 5h (horário de Brasília), enquanto que as finais estão marcadas para começar a partir das 13h30. Desfalcada de seus maiores astros, como Cesar Cielo e Thiago Pereira, a seleção brasileira terá como principal objetivo iniciar um trabalho de transição de gerações.

Getty Images
Visão geral da Sinan Erdem Arena, em Istambul, que receberá as provas do Mundial de piscina de 25 m

Quantas medalhas o Brasil deverá ganhar no Mundial da Turquia? Opine

As mudanças na natação brasileira já começarão no próprio comando da equipe. A CBDA (Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos) usará o Mundial para modificar a coordenação dos atletas. A equipe masculina será comandada por Alberto Silva, o Albertinho, enquanto a feminina terá a coordenação de Fernando Vanzella.

Veja também: Desgastado, Thiago Pereira desiste do Mundial da Turquia

"Já demos alguma noção do que está sendo pensado aos atletas que estão aqui. No meu caso vou dar continuidade a um trabalho que tem êxito e que é muito alinhado com o Ricardo de Moura (supervisor técnico de natação da CBDA). No tempo certo vão sair os critérios e todos os detalhes de como será a caminhada a partir de 2013", explicou Albertinho.

Acompanhe o blog Espírito Olímpico

Além disso, diante da ausência das grandes estrelas da natação brasileira, optou-se por levar à Turquia uma equipe que pudese mesclar experiência e também colocasse em ação representantes da nova geração, alguns dos quais com chance de representar o Brasil nas Olimpíadas do Rio, em 2016.

Satiro Sodré/AGIF
Flavia Delarolli fará sua despedida da natação após o Mundial da Turquia

Entre os veteranos, estão as integrantes do time feminino brasileiro, Fabíola Molina e Flavia Delarolli, que por sinal deverá fazer sua despedida das piscinas após o Mundial. A equipe do revezamento masculino 4 x 100 m livre, por sua vez, levará alguns destes integrantes da nova safra de talentos, como Guilherme Roth, Fernando Ernesto Santos, Leonardo Alcover e Vinícius Waked. 

Na natação masculina, o primeiro atleta brasileiro a cair na água é Vinícius Waked, na nona das dez séries dos 200m livre. Em seguida, Guilherme Guido e Daniel Ozerchowski nadam os 100m costas. As mulheres têm Fabíola Molina e Etiene Medeiros nos 100m costas e Beatriz Travalon, nos 50m peito.

A equipe brasileira no Mundial de natação da Turquia terá os seguintes atletas:

Homens – Leonardo Alcover, Kaio Márcio Almeida, João Gomes Junior, Guilherme Guido, Felipe Lima, Daniel Ozerchowski, Fernando Ernesto Santos, Guilherme Roth dos Santos, Nicholas Santos, Thiago Simon e Vinícius Waked.

Mulheres – Alessandra Marchioro, Beatriz Travalon, Daynara de Paula, Fabíola Molina, Flávia Delarolli, Etiene Medeiros, Larissa Oliveira e Tatiana Lemos.

* Com agências

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG