Publicidade
Publicidade - Super banner
Mais Esportes
enhanced by Google
 

Marílson Gomes dos Santos anuncia volta à São Silvestre

Atleta venceu as edições de 2003 e 2005 da tradicional disputa pelas ruas de São Paulo

Gazeta Esportiva |

Duas vezes campeão da Maratona de Nova York e principal fundista do Brasil na atualidade, Marílson Gomes dos Santos anunciou que voltará a disputar a corrida de São Silvestre após quatro anos de ausência.

O atleta, que venceu as edições de 2003 e 2005 da tradicional disputa pelas ruas de São Paulo, tomou a decisão após constatar, com seu técnico Adauto Domingues, que está recuperado do esforço na cidade norte-americana, em 7 de novembro, e tem condições de chegar ao menos no pódio.

Como preparação, Domingues confirmou que Marílson correrá os 15 km da Gonzaguinha, dia 12, em São Paulo, e talvez, se necessário, os 8,5 km da São Silveira, em Barueri, dia 19, um percurso acidentado, com subidas. "Vamos avaliar após a Gonzaguinha", afirmou o técnico.

Marílson ainda é recordista sul-americano dos 5.000 m (13min19s43), 10.000 m (27min28s12), 15 km (42min15s), 20 km (56min32s) e meia-maratona (59min33s).

"Eu e o Adauto conversamos e decidimos ampliar um pouco mais a temporada. Após uma semana de descanso voltei aos treinos recuperado. Minha expectativa é entrar na prova, me sentir bem e tentar o tricampeonato", comentou.

Com várias experiências de São Silvestre, Marílson disse que é uma prova duríssima, em que diversos fatores contam: o clima no dia da corrida - calor, chuva, alta umidade relativa do ar -, o percurso difícil, com subidas como a da Av. Brigadeiro Luiz Antônio, e a pressão por correr em casa pelo tricampeonato.

"Tem de estar preparado para suportar tudo isso. E o fato de eu ser bicampeão complica ainda mais por causa da pressão. Mas vou me preparar, tem um tempinho ainda e vou aproveitar para estar pronto", destacou.

Domingues confirmou a boa recuperação de Marílson depois da prova de Nova York. "O Marílson primeiro fez trotes leves, mas depois já começou a trabalhar um período de base, a fazer velocidade. E se sentiu bem, inteiro. Vai disputar a São Silvestre", reforçou.

O treinador afirmou ainda que Marílson Gomes dos Santos entra na competição com chance de vencer. "Não sabemos quem são os atletas que vêm, mas ele entra para correr os 15 km na casa dos 44 minutos, 43 minutos e 50, repetindo os tempos das vitórias de 2003 e 2005".

Marílson observou que prefere não pensar em tempos, o que, em sua avaliação, estará ligado ao clima no dia da prova. "Vamos ver se teremos calor, chuva, se a umidade vai estar muito alta. Tudo influencia", destacou.

Leia tudo sobre: outros esportes - atletismo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG