Tamanho do texto

Atleta brasileiro não poderá participar dos Jogos Olímpicos de Londres, após competir em Atenas e Pequim

O marchador José Alessandro Bagio foi suspenso por dois anos pela Comissão Disciplinar Nacional, em sessão realizada na sede da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), em Manaus, por doping. Em 2010, o atleta catarinense teve resultado positivo em exames realizados pela Agência Nacional Antidoping.

Bagio deu positivo para a substância proibida "19-Norandrosterona", em teste feito fora do período de competição, em 9 de setembro, na cidade de Timbó (SC). Seis dias depois, o marchador foi flagrado em exame realizado durante o Troféu Brasil, que foi disputado em São Paulo.

Bagio foi comunicado do resultado dos exames no final de novembro de 2010 e abriu mão da análise da contraprova, sendo suspenso provisoriamente. No julgamento, os argumentos do marchador não foram aceitos e, assim, ele foi suspenso por dois anos e não irá disputar a Olimpíada de Londres, em 2012.

Considerado o melhor marchador brasileiro dos últimos anos, Bagio participou das edições de 2004, em Atenas, e de 2008, em Pequim, dos Jogos Olímpicos, e terminou ambas em 14º lugar na prova. Em 2007, ele ficou em oitavo lugar na disputa da marcha atlética no Pan do Rio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.