Tamanho do texto

Ideia é reforçar o policiamento para evitar eventuais problemas durante o maior evento esportivo do ano de 2012

A ministra antiterrorismo e da segurança da Grã-Bretanha, Pauline Neville-Jones, avisou nesta quinta-feira que a Olimpíada de Londres, em 2012, será realizada com alerta máximo de segurança no país. A ideia é reforçar o policiamento para evitar eventuais problemas durante o evento.

Em 2005, apenas um dia depois de ter sido escolhida sede dos Jogos Olímpicos, Londres foi alvo de um ataque terrorista que deixou 52 mortos. E nesta semana o nível do alerta de segurança britânico foi elevado, mostrando que essa é uma preocupação constante no país.

"Temos que nos preparar com a hipótese de que a ameaça continuará existindo", explicou a ministra, ao justificar a intensa e exaustiva preparação das forças policiais britânicas para fazer a segurança da Olimpíada, que contam com diversos testes e simulações nos últimos anos.

A previsão é de que cerca de nove mil agentes policiais participem do esquema de segurança durante os Jogos de Londres. Por isso mesmo, Pauline Neville-Jones reforçou nesta quinta-feira que a Olimpíada será "um dos maiores desafios" de sua administração.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.