Tamanho do texto

Melhores resultados do país foram obtidos por Flávio Canto e Mariana Silva, que caíram nas quartas de final do Grand Prix

selo

Os lutadores do Brasil não conseguiram subir ao pódio nesta segunda-feira no Grand Prix de Abu Dhabi de Judô. No segundo dia de competições nos Emirados Árabes Unidos, os melhores resultados foram obtidos por Flávio Canto e Mariana Silva, que caíram nas quartas de final. Assim, somaram 40 pontos no ranking olímpico, que definirá os participantes dos Jogos de Londres, em 2012.

Flávio Canto (81kg) estreou em Abu Dhabi com triunfo por ippon sobre o iraniano Amir Nejad Ghasemi. Na segunda rodada, venceu, também por ippon, o alemão Sven Maresch. Nas quartas de final, porém, o brasileiro perdeu para o russo Ivan Vorobev por wazari.

Nesta segunda-feira, Mariana Silva (63kg) venceu na primeira luta a ucraniana Svitlana Chepurina por yuko. Depois, bateu a australiana Kylie Koening por ippon. Nas quartas de final, parou na alemã Claudia Malzahn por yuko.

Os outros brasileiros que lutaram nesta segunda-feira em Abu Dabi foram derrotados logo na primeira luta. Moacir Mendes Júnior (73kg) caiu por yuko para o inglês Daniel Williams, Felipe Costa (81kg) perdeu também por yuko para o egípcio Mohamed Darwish, e Camila Minakawa (63kg) foi derrotada por ippon por Ramila Yusobova, do Azerbaijão.

Assim, o Brasil ainda não subiu ao pódio em Abu Dhabi, já que no domingo Breno Alves (60kg) parou nas quartas de final. Os judocas brasileiros voltam a competir na terça-feira nos Emirados Árabes Unidos, com Vinícius Nunes (90kg), Hugo Pessanha (90kg), Leonardo Leite (100kg) e David Moura (+100kg).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.