Publicidade
Publicidade - Super banner
Mais Esportes
enhanced by Google
 

Brasil conquista sete medalhas no 1º dia da Copa Pan-Americana

Torneio é classificatório para os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México, que ocorre em 2011

Gazeta |

O Brasil faturou sete medalhas na noite desta sexta-feira (4), primeiro dia de disputa da Copa Pan-Americana, evento que conta pontos para a classificação aos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara 2011. Mariana Silva (63kg), Nacif Elias (81kg) e João Gabriel Schlittler (+100kg) ficaram com a medalha de ouro, enquanto Maria Suellen (+78kg) e Alex Aguiar (-100kg) foram prata. Maria Portela (70kg) e Rodrigo Luna (90kg) subiram no terceiro lugar do pódio.

Na primeira final do evento, Mariana Silva venceu por yuko Jéssica Garcia, de Porto Rico. Já Nacif Elias fez a decisão com o peruano German Velazco e venceu por ippon. Quem também ficou com o ouro com um ippon foi João Gabriel Schlittler, que bateu o colombiano Luis Salazar. Para chegar à decisão, João bateu por wazari, na semifinal, o medalhista olímpico Oscar Brayson, de Cuba.

Na decisão do peso pesado feminino, Maria Suellen foi superada por ippon pela cubana Idalis Ortiz, enquanto Alex Aguiar perdeu por yuko (dois shidos) no golden score para o cubano Oreidis Despaigne.

Rodrigo Luna garantiu um bronze com um ippon relâmpago no americano Jacob Larsen em apenas 11 segundos. Já Maria Portela precisou de muita superação para vencer Maria Perez por yuko no golden score. Nádia Merli ficou com a quinta colocação ao ser vencida na decisão do árbitros (hantei) pela atleta local Diana Chala.

"O objetivo era o confronto com o cubano Oscar Brayson e consegui a vitória, o que é importante neste momento em que estou retornando às competições. Agora que posso treinar sem nenhuma restrição e com planejamento, acredito que aos poucos vou retornar a minha melhor forma", explicou João Gabriel, medalha de bronze no Campeonato Mundial de 2007.

Para Mariana Silva, o ouro na Copa Pan-Americana foi fundamental após uma temporada na Europa que não lhe trouxe bons resultados, e acarretou em um certo desânimo.

"Ganhar é uma motivação a mais, porque não fiz uma boa participação nos torneios da Europa nesse início de temporada. Acho que consegui impor o meu judô com tranquilidade e confiança. Estou satisfeita com o resultado nesta competição, mas ainda tenho muito o que melhorar", afirmou Mariana.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG