Judoca brasileiro abriu o primeiro dia de competições em Tóquio com o terceiro lugar do peso ligeiro (até 60 kg)

O Brasil começou bem a disputa do Grand Slam de judô, em Tóquio, no Japão. Nesta sexta-feira de manhã (horário de Brasília), o ligeiro Felipe Kitadai repetiu a campanha das Olimpíadas de Londres e faturou a medalha de bronze na terra do sol nascente.

O que você achou do desempenho de Felipe Kitadai? Dê a sua opinião

Cabeça de chave número 1 da categoria até 60 kg, Kitadai precisou de duas vitórias para avançar até a semifinal contra o atleta da casa Hironori Ishikawa, mas acabou superado por ippon. Desta forma, ficou com o terceiro lugar do torneio e a premiação de US$ 1.500 (pouco mais de R$ 3.000).

Veja ainda:  Sem enxergar, judoca encara maratona no ônibus para manter filha de 3 anos

A seleção brasileira também obteve outras três quintas colocações no Grand Slam, com a ligeiro Gabriela Chibana e as meio-leves Eleudis Valentim e Érika Miranda. Já o paulista Leandro Cunha acabou eliminado em seu primeiro combate contra o duríssimo Rishod Sobirov, do Uzbequistão.

O Brasil volta a competir neste sábado e domingo nos restantes da categoria. Entre os destaques da delegação está o também medalhista de bronze olímpico, Rafael Silva, além da carioca Rafaela Silva e da revelação verde-amarela Vitor Penalber.

Felipe Kitadai foi eliminado na semifinal do Grand Slam pelo japonês Hironori Ishikawa
AFP
Felipe Kitadai foi eliminado na semifinal do Grand Slam pelo japonês Hironori Ishikawa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.