Pivô da seleção brasileira de handebol recebeu alta na Eslovênia, após ficar internada durante nove dias

Nove dias após sofrer em quadra um derrame que a deixou internada todo esse tempo, a pivô da seleção brasileira de handebol, Daniela Piedade, recebeu alta hospitalar nesta terça-feira, na Ljubljana, na Eslovênia, onde defende as cores do Krim.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Daniela Piedade sofreu um AVC durante aquecimento para um jogo
Divulgação
Daniela Piedade sofreu um AVC durante aquecimento para um jogo

Daniela está no hospital desde o dis 30 de setembro, quando sofreu um derrame durante o aquecimento para uma partida de seu clube. Na ocasião, a atleta começou a sentir dificuldades para falar e se movimentar e acabou desmaiando.

Leia mais:  Time de handebol acusado de fraudar resultados segue preso na França

Em seguida, os médicos já realizaram tomografias que minimizaram a gravidade do fato. Mesmo assim, preferiu-se que Daniela ficasse internada até que o edema na área afetada diminuísse consideravelmente. Os exames não indicaram a causa do AVCI (Acidente Vascular Cerebral Isquêmico), mas ainda outros serão realizados a fim de se descobrir a causa.

Paulista de 32 anos, Daniela esteve com a seleção brasileira nas últimas três edições de Jogos Olímpicos. Em Londres, agora, ela foi um dos destaques da campanha da equipe, que se classificou como a primeira de seu grupo, mas caiu nas quartas de final para a Noruega.

Veja fotos da carreira de Dani Piedade:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.