Nove dias após derrame, pivô Daniela Piedade recebe alta hospitalar

Pivô da seleção brasileira de handebol recebeu alta na Eslovênia, após ficar internada durante nove dias

Gazeta |

Nove dias após sofrer em quadra um derrame que a deixou internada todo esse tempo, a pivô da seleção brasileira de handebol, Daniela Piedade, recebeu alta hospitalar nesta terça-feira, na Ljubljana, na Eslovênia, onde defende as cores do Krim.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Divulgação
Daniela Piedade sofreu um AVC durante aquecimento para um jogo

Daniela está no hospital desde o dis 30 de setembro, quando sofreu um derrame durante o aquecimento para uma partida de seu clube. Na ocasião, a atleta começou a sentir dificuldades para falar e se movimentar e acabou desmaiando.

Leia mais:  Time de handebol acusado de fraudar resultados segue preso na França

Em seguida, os médicos já realizaram tomografias que minimizaram a gravidade do fato. Mesmo assim, preferiu-se que Daniela ficasse internada até que o edema na área afetada diminuísse consideravelmente. Os exames não indicaram a causa do AVCI (Acidente Vascular Cerebral Isquêmico), mas ainda outros serão realizados a fim de se descobrir a causa.

Paulista de 32 anos, Daniela esteve com a seleção brasileira nas últimas três edições de Jogos Olímpicos. Em Londres, agora, ela foi um dos destaques da campanha da equipe, que se classificou como a primeira de seu grupo, mas caiu nas quartas de final para a Noruega.

Veja fotos da carreira de Dani Piedade:


Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: dani piedadederrameavc

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG