Publicidade
Publicidade - Super banner
Mais Esportes
enhanced by Google
 

Handebol usa treinos em Blumenau para definir cortes

Um dos mais experientes do grupo, com 12 anos de seleção, o goleiro Maik sabe que essa é uma fase tensa

Agência Estado |

O técnico Javier Garcia Cuesta revelou que vai utilizar os 11 dias de treinos em Blumenau (SC), a partir de sexta-feira, para definir os cortes na seleção brasileira masculina de handebol antes do Mundial da Suécia, que acontecerá de 13 e 30 de janeiro. Atualmente, o grupo conta com 23 jogadores, sendo que apenas 16 irão disputar o campeonato.

Um dos mais experientes do grupo, com 12 anos de seleção, o goleiro Maik sabe que essa é uma fase tensa. "Claro que esse momento gera, sim, uma expectativa grande por parte de todos, principalmente dos mais jovens. O que eu aconselho é que todos continuem fazendo o trabalho da melhor forma possível e que tentem lidar bem com essa tensão, pois acredito que a preocupação excessiva pode prejudicar nos treinamentos", comentou.

"Na minha opinião, é bom treinar com mais jogadores, pois a concorrência faz o nível do trabalho subir ainda mais. Em uma etapa como essa, todos precisam mostrar que estão no melhor momento, já que temos dois ou três jogadores disputando uma posição. Acho que teremos treinos muito bons e isso é fundamental na preparação para o Mundial", avaliou o ponta Renato Tupan.

Depois dos treinos em Blumenau, a seleção brasileira fará amistosos na Argentina entre os dias 26 e 30 de dezembro. Depois, embarca em 3 de janeiro para a Noruega, onde realiza outro jogo preparatório. E, antes de viajar para a Suécia, ainda passa pela Dinamarca para disputar um torneio. No Mundial, o Brasil estará no Grupo B, ao lado de Islândia, Noruega, Áustria, Hungria e Japão.

Leia tudo sobre: outros esportes - handebol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG