Time de Seattle saiu perdendo por 16 a 0 para o Green Bay Packers e chegaram à virada na prorrogação. Liderado por Tom Brady, o Patriots atropelaram os Colts por 45 a 7

Kearse recebeu passe de 35 jardas de Russell Wilson para marcar touchdown na prorrogação
Getty Images
Kearse recebeu passe de 35 jardas de Russell Wilson para marcar touchdown na prorrogação

Seattle Seahakws e New England Patriots farão o Super Bowl XLVIII em Glendale, no Arizona, no próximo dia 1º de fevereiro. Mas os roteiros das vitórias dos dois times foram bem diferentes. Atual campeão, o Seattle Seahawks conseguiu uma virada histórica sobre o Green Bay Packers e venceu por 28 a 22, na prorrogação, após duelo emocionante. Já o Patriots, liderado pelo quarterback Tom Brady, atropelou o Indianapolis Colts por 45 a 7. 

Nada dava certo para o Seahakws no começo da partida. O time comandado por Russell Wilson mal conseguia a primeira descida e o Seahawks não pontuou nos dois primeiros quartos. Do outro lado, um touchdown e dois field goals para o Green Bay Packers, que abriu vantagem de 16 a 0. No terceiro quarto vieram os primeiros pontos do atual campeão da NFL. Em uma jogada inusitada, o Seahawks fingiram o punt na quarta chance e chegaram ao touchdown, após passe preciso para Randall Cobb. Os Packers responderam com mais um field goal (19 a 7). 

Nos minutos finais brilhou a estrela de Russell Wilson. O quarterback do Seahawks enganou a linha defensiva do rival e correu para a end zone, diminuindo a vantagem. Com menos de dois minutos para o fim, o time de Seattle arriscou um chute lateral e deu certo. Bostick se atrapalhou, não segurou a bola, que foi recuperada por Mattews e a virada parecia possível. Em nova campanha primorosa, Lynch marcou o touchdown e o Seahawks virou para 20 a 19. No lugar do chute extra, ea equipe optou pela conversou de dois pontos, realizada com sucesso.  

Na devolução, os Seahawks optaram por um chute lateral. Numa falha de Bostick, que não conseguiu segurar a bola, Matthews recuperou para os donos da casa. A virada passou a parecer possível. Lynch acreditou, conseguiu um touchdown e tomar o comando do placar: 20 a 19. Em vez de um chute extra, a opção foi por uma conversão de dois pontos realizada com sucesso, 22 a 19. Com poucos segundos para o fim, o Green Bay, liderado por Aaron Rodgers fez bela campanha e chegou ao field goal com Crosby.

Na prorrogação, Russell Wilson fez dois grandes passes para Doug Baldwin e para Kearse, que marcou o touchdown e encerrou a partida: 28 a 22. 

Tom Brady liderou o massacre do Patriots sobre o Colts
Jim Rogash/Getty Images
Tom Brady liderou o massacre do Patriots sobre o Colts


Tom Brady lidera Patriots em massacre
O jogo pareceu um passeio desde o início. Com tranquilidade, o Patriots encontrava espaço abriram vantagem, com um touchdown de LeGarrette Blount. James Daviling fez mais um e a diferença logo foi de 14 a 0. 

Uma pequena reação do Colts no segundo quarto. Zurlon Tipton fez seu primeiro touchdown da carreira e diminuiu a diferença dos rivais para 14/7. O Patriots marcaram um field goal e o segundo quarto terminou com o placar marcando 17/7.

A partir do terceiro quarto, o massacre do time de New England se consolidou. Com belas campanhas de Tom Brady, Nate Solder, Rob Gronkowski e LaGarrete Blount marcaram mais três touchdows para o Patriots, que fechou o placar em 45 a 7, se credenciando para mais um Super Bowl. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.