Astro da NFL é preso acusado de dar calote em cassino, mas paga fiança e sai

Joey Porter passou cheques sem fundo e foi detido pela polícia em uma blitz de rotina

iG São Paulo | - Atualizada às

Getty Images
Joey Porter, ex-jogador de futebol americano

O ex-jogador de futebol americano Joey Porter foi preso nos Estados Unidos acusado de dar calote em um cassino de Las Vegas, nos Estados Unidos. Campeão da NFL pelo Pittsburgh Steelers em 2005, Porter foi acusado de passar oito cheques sem fundo que somaram 70 mil dólares (cerca de R$ 145 mil). Na véspera de Natal, ele pagou uma fiança no mesmo valor que devia e foi libertado.

E mais: Jogador de futebol americano mata namorada e depois comete suicídio

Considerado um dos melhores linebackers do esporte nacional, Joey Porter passou os cheques entre 30 de junho e 1º de julho, mas foi detido somente na semana passada em uma blitz de rotina na cidade de Bakersfield, no estado da Califórnia.

Veja as fotos: Cheerleaders entram no clima do Natal e animam torcida na NFL

Atualmente com 35 anos de idade, Porter foi draftado em 1999 pelo Pittsburgh Steelers, onde permaneceu até 2006, até se transferir para o Miami Dolphins. Em 2010, o jogador foi jogar no Arizona Cardinals, onde encerrou sua carreira. Ele já havia sido preso em outra oportunidade, em 2010, por suspeita de dirigir embriagado e de ter agredido um oficial de polícia.

Confira outros esportistas que tiveram problema com a justiça :

    Leia tudo sobre: Joey PorterPittsburgh SteelersNFL

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG