Publicidade
Publicidade - Super banner
Mais Esportes
enhanced by Google
 

Com Ralf e Bruno César na torcida, Corinthians é eliminado da Liga Futsal

A partida ainda demorou para começar, por conta do atraso dos árbitros do jogo, presos no trânsito paulistano

Gazeta Esportiva |

O São Caetano/Corinthians/Unip atuou em casa precisando da vitória no segundo jogo da semifinal da Liga Futsal contra o Copagril/Faville/Dal Ponte. Após perder por 2 a 0 na primeira partida, os corintianos contaram com a maciça presença da torcida, mas não conseguiram a classificação ao empatar por 1 a 1 e ser eliminados com o tento de empate a dois segundos do final do jogo.

A partida ainda demorou para começar, por conta do atraso dos árbitros do jogo, presos no trânsito paulistano - que se fez presente mesmo durante o feriado de Finados. Dentro de campo, o Corinthians era empurrado pela torcida, que levou oito mil pessoas ao Parque São Jorge, mas o Copagril não se intimidou e defendeu-se bem em todo o período, conseguindo o empate com o gol salvador no finalzinho da partida, silenciando jogadores e torcida do Corinthians.

O jogo
A primeira chance de perigo veio aos três minutos, com Leandro Simi. Livre de marcação, o pivô corintiano chutou forte da direita, obrigando o goleiro Léo Oliveira a praticar grande defesa. A chance acendeu a torcida presente no ginásio do Parque São Jorge, que passou a incentivar ainda mais o time - tanto que Simi teve outra oportunidade no minuto seguinte, cara a cara com o arqueiro rival, que defendeu novamente o lance.

Empurrado pela massa alvinegra, o Corinthians seguiu pressionando e detendo a posse de bola na maior parte do tempo, mas vinha tendo poucas chances de gol - uma delas aos sete minutos, em cobrança de falta de Léo, que passou por sobre a meta. Aos nove, Léo teve nova chance, de perna esquerda, e o goleiro esticou a perna para mandar pela linha lateral.

O Timão quase levou um gol na primeira oportunidade do Copagril. Em contra-ataque após bobeada de Léo, o ala corintiano cometeu falta na entrada da área. Gadeia chutou forte, e o goleiro corintiano Leandro fez boa defesa. Em seguida, nova chance para o time visitante, com o goleiro da equipe de Marechal Rondon chutando forte e Leandro, adiantado, espalmando por sobre o gol, nas únicas vezes em que o Corinthians teve dificuldades na primeira etapa - e perdendo mais quatro ocasiões de gol a seu favor.

No segundo tempo, o Corinthians seguiu pressionando, mas esbarrava na falta de pontaria dos ses atletas. O Copagril, por sua vez, seguiu intermitente na sua defesa durante todo o período. Nos minutos finais, o time paulistano continuou atacando e abriu o placar com Simi, um dos melhores do elenco corintiano em quadra.

A poucos instantes do final do jogo, no entanto, a maior surpresa da partida. O Corinthians levava o jogo para a prorrogação com o resultado de 1 a 0, mas o goleiro-linha Renan dominou e chutou forte. A bola desviou no meio do caminho e matou o goleiro Léo, empatando o jogo e desclassificando o time alvinegro, colocando o time de Marechal Rondon na decisão.

Leia tudo sobre: outros esportes - futsal

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG