Tamanho do texto

Entidade que controla o esporte olímpico mundial exige que o Panamá tenha apenas um comitê olímpico

O diretor de Comunicação do COI (Comitê Olímpico Internacional), Mark Adams, informou nesta quarta-feira que o organismo está à espera de "uma resposta" do Comitê Olímpico Panamenho (COP). A entidade mundial havia concedido, em 13 de janeiro, um prazo de 90 dias, para que os panamenhos solucionassem problemas legais.

Apesar de ter discutido o assunto em reunião do Comitê Executivo do COI nesta quarta-feira, em Londres, ainda não foi tomada nenhuma decisão definitiva.

O Panamá tem dois organismos, com seus respectivos presidentes, que cuidam dos esportes olímpicos no país. Contudo, o COI reconhece apenas a entidade comandada por Miguel Sanchiz e exige que ambas as instituições resolvam a situação até o final do prazo, ou o COP será suspenso.