Publicidade
Publicidade - Super banner
Mais Esportes
enhanced by Google
 

Cielo piora seu tempo, mas fica com o ouro nos 50m livre no Open

Logo após a batida, o nadador fez sinais de negativo com a cabeça e se mostrou decepcionado com o resultado

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237854515170&_c_=MiGComponente_C

César Cielo, apesar de ter piorado o seu tempo em relação as eliminatórias, venceu os 50m livres no Open de natação, disputado em piscina de 25m, em Guaratinguetá, interior de São Paulo. O torneio serve como preparação para o Mundial de Dubai e Cielo completou a prova em 21s46.

O atleta do Flamengo havia batido o recorde do campeonato na disputa do Brasileiro Sênior, torneio para atletas nascidos até 1980 e que vale como classificatória para o Open de natação. Na tarde de quinta-feira, ele completou os 50m em 21s31 e disse que esperava melhorar o desempenho. Não conseguiu o objetivo.

Nesta manhã, Cielo venceu a prova, mas mostrou descontentamento com seu tempo. Logo após a batida, ele já fazia sinais de negativo com a cabeça. 

"Errei a virada de novo, coisa que eu não fazia desde que era infantil. Estava com a cabeça na prova, concentrado, mas tinha planejado uma coisa e saiu outra. Depois da virada, dei uma desconcentrada porque não admito esse tipo de erro técnico, que só a molecada faz", afirmou Cielo após a prova.

Divulgação
Cielo larga para a prova dos 50m livre no Open de natação

Seu desempenho foi acima do índice para o Mundial de piscina curta, os 20s80 marcados no Troféu José Finkel. Esse é o melhor tempo para a disputa dos 50m livre na competição em Dubai.

O pódio do Open de natação foi completado com a prata de Bruno Fratus, com o tempo de 21s83, e o bronze de Nicholas dos Santos, com 21s84.

Cesão ainda levou a medalha de prata no revezamento 4x100m livre com a equipe do Flamengo, com o tempo de 3min14s33. O ouro foi para o Pinheiros (3min12s11) e o bronze, para o Unisanta (3min15s71). "Ainda sofremos um pouco. Vamos ver se no ano que vem, com a nova equipe, o Flamengo consegue brigar melhor nos revezamentos", disse Cielo, que nadou ao lado de Nicholas dos Santos, Heitor Rodrigues e Thiago Sickert.

Apesar das falhas nos 50m livre, César Cielo faz um balanço positivo do torneio, último antes do Mundial. "Estou me sentindo bem, em forma, e isso é importante. Agora vou descansar e a fase vai ser de tato apurado, de muitas conversas com o técnico e o meu corpo", falou.

Outros resultados

Na prova feminina dos 50m livre, a vitória foi de Flávia Delaroli (24s87). Também entre as mulheres, medalha de ouro para Tatiane Sakemi nos 50m peito (31s56), na primeira prova do dia.

No 50m peito masculino a disputa foi bem acirrada e Felipe França abriu uma pequena vantagen no final e levou a melhor, em 26s78.

Na sequência, a a primeira quebra de recorde do campeonato do dia. Depois do ouro de Fernanda Alvarenga (2min12s22) nos 200m costas feminino, André Shcultz venceu no masculino (1min53s62) e derrubou a marca que Leonardo Santos havia estabelecido no Brasileiro Sênior (1min54s21).

Os 100m borboleta feminino teve um final emocionante. Fabíola Molina conseguiu crescer nos metros finais e quase alcançou a líder Gabriella Silva, que depois de largar atrás, se segurou e venceu (58s29). Entre os homens o campeão foi Lucas Salatta (52s40).

Na última prova do dia, ouro para Poliana Okimoto nos 800m livre e mais uma quebra de recorde do campeonato (8min39s79)

Leia tudo sobre: outros esportes - natação

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG