Mark Cavendish lembra de outros atletas no passado admitiram uso de substâncias proibidas porque estavam "interessados no bem do ciclismo"

EFE

Mark Cavendish, ciclista britânico
Reuters
Mark Cavendish, ciclista britânico

Recordista de vitórias em etapas do Tour de France, o ciclista britânico Mark Cavendish afirmou nesta quarta-feira que Lance Armstrong deveria confessar que se dopou, caso o tenha feito. "Se fez algo, confesse", disse o atleta, que ainda afirmou acreditar que agora o ciclismo está limpo.

Na segunda-feira, a UCI acatou relatório da Usada (Agência Antidoping dos Estados Unidos), que acusava Armstrong de se dopar e fornecer substâncias ilícitas a seus companheiros de equipe. O norte-americano acabou tendo seus sete títulos da Volta da França cassados e foi banido do esporte.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Em entrevista à emissora "BBC", o britânico lembrou que seu compatriota David Millar e outros atletas também confessaram. Para ele, a estes ciclistas interessava o bom do esporte, pois já que "arruinaram sua reputação, que ele siga adiante, embora alguns se preocupem mais com si próprios".

E mais: Contador defende Armstrong e diz que norte-americano está sendo humilhado

Cavendish ainda admitiu que em outros esportes não aparecem tantos casos de doping, mas destacou que imagina que isso acontece pela falta de controles tão rigorosos. "Se há esforço para descobrir o doping e há recursos para fazer as coisas corretamente, os farsantes serão pegos", considerou o ciclista, que qualificou como "frustrante" alguém poder manchar a imagem do esporte que ama.

Veja fotos da carreira de Lance Armstrong:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.